Com um vídeo diferente dos que estamos acostumados a assistir, o cantor Scott Di aparece para revolucionar a maneira como são feitos os videoclipes nacionais nas mais diferentes vertentes. "Está dar medo" é a sua mais recente música cujo videoclipe foi gravado em Luanda no bairro Terra Nova e contou com participações dos músicos Maskarado e Doutor Black.
Em entrevista à Platina Line O músico Scott Di revelou que sempre foi vontade sua fazer um vídeo surreal com objectivo de fazer crítica social aos angolanos.

 

Assista antes o teaser do videoclipe...

Texto: Júlia Felipe
segunda, 14 julho 2014 19:59

Desmaios em Show de Helga Fêty

A Carbura Service realizou um show no Cine África denominado “I love Cazenga”, no passado sábado (12) em que a cantora angolana Helga Fêty foi a convidada especial da noite. Entusiasmo e emoções marcaram o show da cantora, tornando num momento inesquecível.
 
 

O extrovertido radialista Bernardo Mário, teve o cargo de apresentação do evento, e teve o suporte de músicos da banda. O show contou com cerca de 10 mil pessoas, a artista surpreendeu os fãs com um look fantástico, usou um vestido longo, preto e brilhante esbanjando elegância e muito charme, marcaram presença: Kenny Base, Kanda, Margareth do Rosário, e outros.

Com o seu jeito doce, Helga arrancou gritos e muitos assobios, houve até desmaios por parte dos admiradores. O momento mais alto da noite foi quando uma fã desmaiou e explicou o carinho e admiração que tem pela cantora. O show de certeza ficará marcado na memória daqueles que fizeram-se presente.

 

Texto: Osvaldo Sampaio

A artista plástica Daniela Ribeiro apresentou a colecção intitulada “Nossa Cultura” na passada quinta-feira (10) no Memorial Agostinho Neto, é uma colecção que retrata o País.

Daniela é uma angolana que saiu da terra em 1992 para estudar e regressou dez anos depois por sentir necessidade de voltar as suas raízes. Percebeu que Angola tinha mudado, não só pelo fim da guerra mas pelo processo de autodeterminação nos angolanos e a afirmação da sua cultura.

 

A colecção “Nossa Cultura” é feita de tecidos africanos, peças de telemóveis e símbolos. Símbolos por Angola ser um país sem complexo racial, para que não se perca a especificidade cultural num mundo tão global como o que temos hoje, os tecidos africanos representam a tradição e os telemóveis é para mostrar a transição e absorção do mundo ocidental, um avanço cultural. A colecção demorou seis meses a ser trabalhada, um processo demorado, a artista levou três meses a montar as peças de telemóvel nos quadros decorados com pano africano, a maior parte deles angolanos.

 

A exposição serve de alerta para que se valorize mais a nossa cultura pelas pessoas que deviam ter a responsabilidade de passar valores culturais regionais de Angola. Daniela é uma artista ecléctica porque não se concentra num único tema, aborda vários, sendo a base o continente africano.

 

“África não se explica, é preciso vir cá para se compreender. Os valores tradicionais foram importantes para o meu crescimento, sem isso não seria a pessoa especial que fui lá fora. Se não tivesse crescido em Angola seria outra pessoa” explica à artista. O seu trabalho reflecte também o processo de transição de Angola, por isso, afirma que a preservação da nossa cultura não deve ser só uma preocupação dos artistas mas de todos os angolanos. Segundo ela “Para além de combater a pobreza e o analfabetismo, é sobretudo importante preservarmos a cultura para continuarmos a saber quem somos e de onde viemos porque um povo que não tem cultura, que não tem identidade, desaparece

O principal objectivo da artista plástica é afirmar a cultura africana no mundo inteiro e ver em Angola mais espaços onde os artistas possam expor os seus trabalhos.

 

Texto: Ângela Cardoso

Sem nenhuma surpresa devido às dinâmicas de grupo, Larama e Yasha voltam para o Paredão. Mas são acompanhados para o último Paredão da primeira edição do Big Brother Angola, pelos Brothers Bito e Rui.

As razões que os Brothers deram para Nomearam uns aos outros, variam de má educação para falsidade, de falta de opções para ataque ao grupo.

Larama foi de novo o mais Votado (com três Votos), seguido de Bito, Rui e Yasha (todos com dois). A Brother Nany recebeu apenas um Voto.

O Brother Essm não foi Nomeado porque é o Soba da Casa, cargo que exerce pela segunda vez consecutiva. É preciso recordar que o Soba Essm foi o primeiro Brother a chegar à final da primeira edição do progarama mais badalado de Angola.

No entanto, porque com a ida dos quatro Brothers (Bito, Larama, Rui e Yasha), por via de Nomeações dos Brothers para o Paredão, só fica a Brother Nany por Nomear amanhã, o Soba terá que tomar uma decisão dura.

O Soba Essm terá que Nomear a Nany para o Paredão ou terá que passar a chance, e assim ficar ele automaticamente Nomeado, segundo as regras do Big Brother.

O que vai acontecer? Como é que vai proceder o Soba? Vai ele Nomear a namorada Nany ou vai, em nome do amor, abster-se de Nomeá-la e parar ele próprio no Paredão? O que acham? Será o Brother Essm corajoso o suficiente para enfrentar o Paredão em nome do amor?

 

Os telespectadores em Angola e Moçambique podem ver o Big Brother em Directo nos canais 197 e 198 dos pacotes DStv Bué ou DStv Grande. Os canais 597 e 598 estarão disponíveis na África do Sul para os clientes do pacote DStv Portuguesa.

 

O músico angolano W-King anunciou domingo no município de Ambaca, província do Cuanza Norte, ter em curso a preparação de uma nova obra discográfica, a ser lançada em princípios do ano 2015.

Em Entrevista no final de um espetáculo músico-cultural alusivo as comemorações dos 80 anos da fundação da vila de Camabatela, sede do município de Ambaca, W-King disse que o trabalho está a ser preparado com muita cautela, por formas a superar a qualidade do seu álbum anterior.

O cantor disse que vai manter-se fiel ao estilo musical Ku-Duro, embora tenha perspectivas de aderir a outros estilos.

W-King informou ainda que em termos de agenda, o ano 2014 está ser positivo em todos os domínios, visto que recebe convites constantes para espectáculos em várias províncias e no estrangeiro, acrescentando que vai aproveitar o ano para promover as suas músicas.

Evento celebra a liberdade criativa sob os pilares da Moda, Arte e Design, no ano em que Cape Town vive como Capital Mundial do Design
A principal montra da moda Primavera/Verão da África do Sul, a Mercedes-Benz Fashion Week Cape Town (MBFWCT) 2014, está de regresso com várias novidades. Cerca de 25 estilistas de topo irão apresentar as suas colecções em 17 desfiles no Centro de Convenções Internacional, de 24 a 26 de Julho.


Nomes como Gavin Rajah, KLûK CGDT, Stefania Morland, Fabiani, Craig Port, e ainda muitos jovens talentos, irão apresentar as suas colecções na MBFWCT 2014 e marcar as tendências da moda da próxima estação. “A Mercedes-Benz Fashion Week Cape Town representa uma excelente oportunidade para os estilistas, estabelecidos e aspirantes, de toda a África do Sul, apresentarem as suas novas colecções de Primavera/Verão. Estamos extremamente entusiasmados com o talento dos estilistas que irão participar na edição deste ano,” refere Sizwe Nzimande, porta-voz da organização da MBFW e da African Fashion International (AFI).

mercedes1233.png


Um grande número de estilistas e respectivas marcas, incluindo SHANA, W35T, Lara Klawikowski, Pichulik, Nicholas Coutts, Michelle Ludek, Tart, Ruald Rheeder, Non-European, Spilt Milk, Lo, Lazuli, Danielle Margaux & Selfi, entre outras, oriundos da cidade mãe de Cape Town, e ainda de Durban - Leigh Schubert, e Joanesburgo - Loin Cloth & Ashes, irão elevar a moda a outros níveis.


“Numa altura em que a cidade de Cape Town vive o seu estado de Capital Mundial do Design 2014, a AFI celebra a liberdade criativa sob os pilares da Moda, Arte e Design, com várias e importantes plataformas de desenvolvimento de talento e da indústria para tornar este evento ainda mais envolvente e único,” acrescenta Nzimande.
Como parte da missão da AFI de promover a independência criativa entre os novos talentos da indústria da moda e do design, os jovens e talentosos estilistas sul-africanos Nicholas Coutts, Alexandra Blanc (BLANC), Ernest Mahomane, e a AFI Jovem Estilista do Ano 2014, Eleni Labrou (Akedo), irão trazer as suas colecções até às passerelles do AFI Next Generation, uma das muitas plataformas da AFI para apoiar e garantir a exposição de novos e futuros estilistas.


O programa AFI FastrackTM trará também o futuro da moda ao de cima, com uma notável instalação de Rich Mnisi, Tuelo Ngunyuka, Jessica Ross e Naazneen Kagee, todos eles vencedores do Fastrack da Mercedes-Benz Fashion Week Johannesburg, que decorreu no início deste ano.


Outro elemento inovador da MBFWCT 2014 será a edição especial dos tão conhecidos seminários FashionTalks. Este ano a conversa será em torno do tema - como comercializar melhor a criatividade, e incluirá a transmissão do primeiro documentário sul-africano sobre moda internacional - Advanced Style, bem como um debate com o autor do filme e alguns líderes da indústria local sobre como uma abordagem inovadora pode tornar uma pequena ideia num sucesso internacional.


A MBFWCT reúne anualmente mais de mil empreendedores da área da moda, investidores, profissionais da indústria e órgãos de comunicação social locais e internacionais. Espera-se que a edição deste ano seja reveladora e inspiradora, já que a cidade celebra o futuro promissor do design e o negócio da moda na África do Sul.
Os ingressos estão disponíveis a partir de 100 até 250 Rands, cerca de 1.000 e 2.400 Kwanzas.

Programa:

 

DATA

ESTILISTA

HORA

24 JULHO

Marianne Fassler

17h00

Lara Klawikowski / Spilt Milk

18h00

Gavin Rajah

19h15

Stefania Morland

20h30

W35T / Shana

21h30

25 JULHO

AFI Fashion Talks

13h00

AFI Next Generation

17h00

Michelle Ludek / Tart

18h00

Kobus Dippenaar Atelier

19h15

Ruald Rheeder / NON-EUROPEAN

20h30

26 JULHO

Lazuli/ Lo / Pichulik

14h00

Danielle Margaux / Selfi

15h30

Leigh Schubert / LCA

16h30

Lalesso

17h45

Craig Port

19h00

Fabiani

21h30

 
segunda, 14 julho 2014 13:21

MCK faz homenagem a Teta Lando

 

O Rapper MCK, fez uma bela homenagem em musica ao astro da musica angolana, que faleceu há 6 anos .

 

Em Seu perfil do Facebook, Teta Lando, partilhou o vídeo e uma mensagem do Facebook :

 

Faz hoje 6 anos desde o dia que Teta Lando nos deixou, assista agora o video em sua Homenagem, e ofereça vida eterna ao Artista que sempre apelou união e valorização da classe.

 

    Pelo terceiro ano consecutivo, SOCIAL TEAM  alcança o pódio na foz do Rio Longa. Ricardo Fernandes conquistou um excelente terceiro lugar;

  • Deborah Almeida estreou o seu novo CAN AM Mavericks XRS 1000.

No fim-de-semana de 12 e 13 de Julho, na cidade do Longa, realizou-se a quarta prova do Campeonato Angolano de Rali Raid 2014. Este é um percurso especial para o Social Team, que depois de Deborah Almeida em 2012 e Rodrigo Morais em 2013, teve agora  novo piloto no pódio: Ricardo Fernandes.  

O piloto que está em ano de estreia a correr pelo Social Team largou da quinta posição conquistada no prólogo, e terminou a prova num excelente terceiro lugar. Foi o primeiro pódio de 2014 para a equipa mais social das pistas angolanas.

«Terceiro lugar foi cereja no topo do bolo»

Depois do Rali Lobito e da Baja de Quilengues, Ricardo Fernandes estava muito satisfeito por ter conseguido chegar ao fim das 2 horas do Longa: «Sinceramente, eu só queria terminar a corrida. Não tinha conseguido fazê-lo antes e esse era o  principal objetivo. Alcançar o pódio foi a cereja no topo do bolo».

Segundo o piloto número #007, a estratégia foi igual à das provas anteriores: «Não mudámos nada em relação ao Lobito e a Quilengues. Não me poupei a mim nem ao Can Am, a sorte é que mudou e desta vez, fomos felizes», concluiu.

FilipeMotorShow reforçou aposta no Social Team

O Social Team reservou algumas novidades para as 2 Horas TT 2014 Longa by Cargo. Deborah Almeida estreou o seu novo CAN AM Mavericks XRS 1000, fruto da parceria com a FilipeMotorShow, e o ST contou com um novo aliado: o camião de assistência by Sistec, todo decorado à imagem dos campeões nacionais em título.

Deborah Almeida voltou a ser a única mulher em pista.

Depois de ter terminado o prólogo na penúltima posição, teve uma recuperação fantástica em prova e cruzou a meta no décimo posto, num total de 21 participantes.

A piloto social estreou-se ao volante do novo carro e reservou-lhe muitos elogios: «O CAN AM 1000 é muito superior ao Polaris 900 que conduzia. A aceleração, a forma como sai das curvas e a velocidade de ponta são muito superiores. A nova aerodinâmica também faz com que o carro seja mais seguro, mas ainda preciso de algum tempo para me adaptar completamente».

Por último, Alexandre Xandú, um dos membros mais carismáticos do Social Team, agradeceu o esforço por parte de toda a equipa, bem como dos patrocinadores: «Já tínhamos saudades de terminar no pódio, quase já nem sabíamos como era! (risos). Tal só foi possível graças ao empenho de todos e dos patrocinadores, especialmente a UNITEL e o Banco BIC, que têm sido incansáveis».

 

 

 

O piloto da província de Benguela, Elício Lacerda, conquistou hoje, domingo, na capital do país, o Grande Prémio Cidade de Luanda de Karting na categoria DD2 em seniores, ao totalizar 70 pontos.

A prova foi disputada  na  baixa de Luanda entre a avenida Rainha N'Jinga e o edifício da bolsa de valores  num percurso de cerca de  774 metros. Elício Lacerda do clube Team El  precisou de duas mangas para superar o seu oponente João Monteiro, de Luanda, que venceu a primeira das três previstas .

Na categoria de Max em juniores, Tatiana Alves do clube Team Jolif de Luanda sagrou-se vencedora  ao totalizar 60 pontos, superando o seu adversário  Kevin Peixote nas três mangas, das 15 voltas previstas no regulamento.    

O certame tem a parceria do Banco de Comércio e Indústria (BCI) e realiza-se no âmbito da massificação  da modalidade e da solidariedade com os jogos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) Que Angola vai acolher de 23 deste mês a 3 de Agosto do corrente ano.

O Grande Prémio de Luanda está inserido no calendário anual de competições   da Federação Angolana dos  Desportos  Motorizados(FADM).

Neste GP participaram trinta pilotos das províncias de Luanda, Benguela e  Namibe. O certame teve dois  circuitos, sendo oito na classe de Max/KF (juniores) e vinte e dois na classe de DD2 (carros para adulto).

 

Numa decisão tudo menos consensual, o avançado argentino, que só faturou na fase de grupos, foi eleito o melhor jogador do Mundial 2014, à frente de Thomas Müller e Arjen Robben.

Lionel Messi conquistou a Bola de Ouro do Mundial 2014, galardão atribuído ao melhor jogador da competição, segundo o Comité Técnico da FIFA e a votação dos representantes da imprensa, após a final entre Alemanha e Argentina, que terminou com festa germânica (1-0).

Apesar de só ter feito golos durante a fase de grupos (quatro) e de ter estado particularmente "apagado" nos quartos-de-final e nas meias-finais, Messi acabou por receber a distinção.

Thomas Müller, campeão do Mundo e autor de cinco golos, recebeu a Bola de Prata. Arjen Robben, por sua vez, além de ter sido 3.º classificado com a Holanda também recebeu a Bola de Bronze.

Messi é o terceiro argentino a receber a Bola de Ouro do Mundial (não confundir com a Bola de Ouro FIFA, atribuída anualmente), depois de Mario Kempes (1978, ano da primeira edição) e Maradona (1986), estes dois últimos campeões mundiais de seleções.

Paolo Rossi (1982), Salvatore Schillaci (1990), Romário (1994), Ronaldo (1998), Oliver Kahn (2002), Zidane (2006) e Diego Forlán (2010) completam a galeria dos vencedores.

Com um vídeo diferente dos que estamos acostumados a assistir, o cantor Scott Di aparece para revolucionar a maneira como são feitos os videoclipes nacionais nas mais diferentes vertentes. "Está dar medo" é a sua mais recente música cujo videoclipe foi gravado em Luanda no bairro Terra Nova e contou com participações dos músicos Maskarado e Doutor Black.
Em entrevista à Platina Line O músico Scott Di revelou que sempre foi vontade sua fazer um vídeo surreal com objectivo de fazer crítica social aos angolanos.

 

Assista antes o teaser do videoclipe...

Texto: Júlia Felipe
segunda, 14 julho 2014 19:59

Desmaios em Show de Helga Fêty

A Carbura Service realizou um show no Cine África denominado “I love Cazenga”, no passado sábado (12) em que a cantora angolana Helga Fêty foi a convidada especial da noite. Entusiasmo e emoções marcaram o show da cantora, tornando num momento inesquecível.
 
 

O extrovertido radialista Bernardo Mário, teve o cargo de apresentação do evento, e teve o suporte de músicos da banda. O show contou com cerca de 10 mil pessoas, a artista surpreendeu os fãs com um look fantástico, usou um vestido longo, preto e brilhante esbanjando elegância e muito charme, marcaram presença: Kenny Base, Kanda, Margareth do Rosário, e outros.

Com o seu jeito doce, Helga arrancou gritos e muitos assobios, houve até desmaios por parte dos admiradores. O momento mais alto da noite foi quando uma fã desmaiou e explicou o carinho e admiração que tem pela cantora. O show de certeza ficará marcado na memória daqueles que fizeram-se presente.

 

Texto: Osvaldo Sampaio

A artista plástica Daniela Ribeiro apresentou a colecção intitulada “Nossa Cultura” na passada quinta-feira (10) no Memorial Agostinho Neto, é uma colecção que retrata o País.

Daniela é uma angolana que saiu da terra em 1992 para estudar e regressou dez anos depois por sentir necessidade de voltar as suas raízes. Percebeu que Angola tinha mudado, não só pelo fim da guerra mas pelo processo de autodeterminação nos angolanos e a afirmação da sua cultura.

 

A colecção “Nossa Cultura” é feita de tecidos africanos, peças de telemóveis e símbolos. Símbolos por Angola ser um país sem complexo racial, para que não se perca a especificidade cultural num mundo tão global como o que temos hoje, os tecidos africanos representam a tradição e os telemóveis é para mostrar a transição e absorção do mundo ocidental, um avanço cultural. A colecção demorou seis meses a ser trabalhada, um processo demorado, a artista levou três meses a montar as peças de telemóvel nos quadros decorados com pano africano, a maior parte deles angolanos.

 

A exposição serve de alerta para que se valorize mais a nossa cultura pelas pessoas que deviam ter a responsabilidade de passar valores culturais regionais de Angola. Daniela é uma artista ecléctica porque não se concentra num único tema, aborda vários, sendo a base o continente africano.

 

“África não se explica, é preciso vir cá para se compreender. Os valores tradicionais foram importantes para o meu crescimento, sem isso não seria a pessoa especial que fui lá fora. Se não tivesse crescido em Angola seria outra pessoa” explica à artista. O seu trabalho reflecte também o processo de transição de Angola, por isso, afirma que a preservação da nossa cultura não deve ser só uma preocupação dos artistas mas de todos os angolanos. Segundo ela “Para além de combater a pobreza e o analfabetismo, é sobretudo importante preservarmos a cultura para continuarmos a saber quem somos e de onde viemos porque um povo que não tem cultura, que não tem identidade, desaparece

O principal objectivo da artista plástica é afirmar a cultura africana no mundo inteiro e ver em Angola mais espaços onde os artistas possam expor os seus trabalhos.

 

Texto: Ângela Cardoso

Sem nenhuma surpresa devido às dinâmicas de grupo, Larama e Yasha voltam para o Paredão. Mas são acompanhados para o último Paredão da primeira edição do Big Brother Angola, pelos Brothers Bito e Rui.

As razões que os Brothers deram para Nomearam uns aos outros, variam de má educação para falsidade, de falta de opções para ataque ao grupo.

Larama foi de novo o mais Votado (com três Votos), seguido de Bito, Rui e Yasha (todos com dois). A Brother Nany recebeu apenas um Voto.

O Brother Essm não foi Nomeado porque é o Soba da Casa, cargo que exerce pela segunda vez consecutiva. É preciso recordar que o Soba Essm foi o primeiro Brother a chegar à final da primeira edição do progarama mais badalado de Angola.

No entanto, porque com a ida dos quatro Brothers (Bito, Larama, Rui e Yasha), por via de Nomeações dos Brothers para o Paredão, só fica a Brother Nany por Nomear amanhã, o Soba terá que tomar uma decisão dura.

O Soba Essm terá que Nomear a Nany para o Paredão ou terá que passar a chance, e assim ficar ele automaticamente Nomeado, segundo as regras do Big Brother.

O que vai acontecer? Como é que vai proceder o Soba? Vai ele Nomear a namorada Nany ou vai, em nome do amor, abster-se de Nomeá-la e parar ele próprio no Paredão? O que acham? Será o Brother Essm corajoso o suficiente para enfrentar o Paredão em nome do amor?

 

Os telespectadores em Angola e Moçambique podem ver o Big Brother em Directo nos canais 197 e 198 dos pacotes DStv Bué ou DStv Grande. Os canais 597 e 598 estarão disponíveis na África do Sul para os clientes do pacote DStv Portuguesa.

 

O músico angolano W-King anunciou domingo no município de Ambaca, província do Cuanza Norte, ter em curso a preparação de uma nova obra discográfica, a ser lançada em princípios do ano 2015.

Em Entrevista no final de um espetáculo músico-cultural alusivo as comemorações dos 80 anos da fundação da vila de Camabatela, sede do município de Ambaca, W-King disse que o trabalho está a ser preparado com muita cautela, por formas a superar a qualidade do seu álbum anterior.

O cantor disse que vai manter-se fiel ao estilo musical Ku-Duro, embora tenha perspectivas de aderir a outros estilos.

W-King informou ainda que em termos de agenda, o ano 2014 está ser positivo em todos os domínios, visto que recebe convites constantes para espectáculos em várias províncias e no estrangeiro, acrescentando que vai aproveitar o ano para promover as suas músicas.

Evento celebra a liberdade criativa sob os pilares da Moda, Arte e Design, no ano em que Cape Town vive como Capital Mundial do Design
A principal montra da moda Primavera/Verão da África do Sul, a Mercedes-Benz Fashion Week Cape Town (MBFWCT) 2014, está de regresso com várias novidades. Cerca de 25 estilistas de topo irão apresentar as suas colecções em 17 desfiles no Centro de Convenções Internacional, de 24 a 26 de Julho.


Nomes como Gavin Rajah, KLûK CGDT, Stefania Morland, Fabiani, Craig Port, e ainda muitos jovens talentos, irão apresentar as suas colecções na MBFWCT 2014 e marcar as tendências da moda da próxima estação. “A Mercedes-Benz Fashion Week Cape Town representa uma excelente oportunidade para os estilistas, estabelecidos e aspirantes, de toda a África do Sul, apresentarem as suas novas colecções de Primavera/Verão. Estamos extremamente entusiasmados com o talento dos estilistas que irão participar na edição deste ano,” refere Sizwe Nzimande, porta-voz da organização da MBFW e da African Fashion International (AFI).

mercedes1233.png


Um grande número de estilistas e respectivas marcas, incluindo SHANA, W35T, Lara Klawikowski, Pichulik, Nicholas Coutts, Michelle Ludek, Tart, Ruald Rheeder, Non-European, Spilt Milk, Lo, Lazuli, Danielle Margaux & Selfi, entre outras, oriundos da cidade mãe de Cape Town, e ainda de Durban - Leigh Schubert, e Joanesburgo - Loin Cloth & Ashes, irão elevar a moda a outros níveis.


“Numa altura em que a cidade de Cape Town vive o seu estado de Capital Mundial do Design 2014, a AFI celebra a liberdade criativa sob os pilares da Moda, Arte e Design, com várias e importantes plataformas de desenvolvimento de talento e da indústria para tornar este evento ainda mais envolvente e único,” acrescenta Nzimande.
Como parte da missão da AFI de promover a independência criativa entre os novos talentos da indústria da moda e do design, os jovens e talentosos estilistas sul-africanos Nicholas Coutts, Alexandra Blanc (BLANC), Ernest Mahomane, e a AFI Jovem Estilista do Ano 2014, Eleni Labrou (Akedo), irão trazer as suas colecções até às passerelles do AFI Next Generation, uma das muitas plataformas da AFI para apoiar e garantir a exposição de novos e futuros estilistas.


O programa AFI FastrackTM trará também o futuro da moda ao de cima, com uma notável instalação de Rich Mnisi, Tuelo Ngunyuka, Jessica Ross e Naazneen Kagee, todos eles vencedores do Fastrack da Mercedes-Benz Fashion Week Johannesburg, que decorreu no início deste ano.


Outro elemento inovador da MBFWCT 2014 será a edição especial dos tão conhecidos seminários FashionTalks. Este ano a conversa será em torno do tema - como comercializar melhor a criatividade, e incluirá a transmissão do primeiro documentário sul-africano sobre moda internacional - Advanced Style, bem como um debate com o autor do filme e alguns líderes da indústria local sobre como uma abordagem inovadora pode tornar uma pequena ideia num sucesso internacional.


A MBFWCT reúne anualmente mais de mil empreendedores da área da moda, investidores, profissionais da indústria e órgãos de comunicação social locais e internacionais. Espera-se que a edição deste ano seja reveladora e inspiradora, já que a cidade celebra o futuro promissor do design e o negócio da moda na África do Sul.
Os ingressos estão disponíveis a partir de 100 até 250 Rands, cerca de 1.000 e 2.400 Kwanzas.

Programa:

 

DATA

ESTILISTA

HORA

24 JULHO

Marianne Fassler

17h00

Lara Klawikowski / Spilt Milk

18h00

Gavin Rajah

19h15

Stefania Morland

20h30

W35T / Shana

21h30

25 JULHO

AFI Fashion Talks

13h00

AFI Next Generation

17h00

Michelle Ludek / Tart

18h00

Kobus Dippenaar Atelier

19h15

Ruald Rheeder / NON-EUROPEAN

20h30

26 JULHO

Lazuli/ Lo / Pichulik

14h00

Danielle Margaux / Selfi

15h30

Leigh Schubert / LCA

16h30

Lalesso

17h45

Craig Port

19h00

Fabiani

21h30

 
segunda, 14 julho 2014 13:21

MCK faz homenagem a Teta Lando

 

O Rapper MCK, fez uma bela homenagem em musica ao astro da musica angolana, que faleceu há 6 anos .

 

Em Seu perfil do Facebook, Teta Lando, partilhou o vídeo e uma mensagem do Facebook :

 

Faz hoje 6 anos desde o dia que Teta Lando nos deixou, assista agora o video em sua Homenagem, e ofereça vida eterna ao Artista que sempre apelou união e valorização da classe.

 

    Pelo terceiro ano consecutivo, SOCIAL TEAM  alcança o pódio na foz do Rio Longa. Ricardo Fernandes conquistou um excelente terceiro lugar;

  • Deborah Almeida estreou o seu novo CAN AM Mavericks XRS 1000.

No fim-de-semana de 12 e 13 de Julho, na cidade do Longa, realizou-se a quarta prova do Campeonato Angolano de Rali Raid 2014. Este é um percurso especial para o Social Team, que depois de Deborah Almeida em 2012 e Rodrigo Morais em 2013, teve agora  novo piloto no pódio: Ricardo Fernandes.  

O piloto que está em ano de estreia a correr pelo Social Team largou da quinta posição conquistada no prólogo, e terminou a prova num excelente terceiro lugar. Foi o primeiro pódio de 2014 para a equipa mais social das pistas angolanas.

«Terceiro lugar foi cereja no topo do bolo»

Depois do Rali Lobito e da Baja de Quilengues, Ricardo Fernandes estava muito satisfeito por ter conseguido chegar ao fim das 2 horas do Longa: «Sinceramente, eu só queria terminar a corrida. Não tinha conseguido fazê-lo antes e esse era o  principal objetivo. Alcançar o pódio foi a cereja no topo do bolo».

Segundo o piloto número #007, a estratégia foi igual à das provas anteriores: «Não mudámos nada em relação ao Lobito e a Quilengues. Não me poupei a mim nem ao Can Am, a sorte é que mudou e desta vez, fomos felizes», concluiu.

FilipeMotorShow reforçou aposta no Social Team

O Social Team reservou algumas novidades para as 2 Horas TT 2014 Longa by Cargo. Deborah Almeida estreou o seu novo CAN AM Mavericks XRS 1000, fruto da parceria com a FilipeMotorShow, e o ST contou com um novo aliado: o camião de assistência by Sistec, todo decorado à imagem dos campeões nacionais em título.

Deborah Almeida voltou a ser a única mulher em pista.

Depois de ter terminado o prólogo na penúltima posição, teve uma recuperação fantástica em prova e cruzou a meta no décimo posto, num total de 21 participantes.

A piloto social estreou-se ao volante do novo carro e reservou-lhe muitos elogios: «O CAN AM 1000 é muito superior ao Polaris 900 que conduzia. A aceleração, a forma como sai das curvas e a velocidade de ponta são muito superiores. A nova aerodinâmica também faz com que o carro seja mais seguro, mas ainda preciso de algum tempo para me adaptar completamente».

Por último, Alexandre Xandú, um dos membros mais carismáticos do Social Team, agradeceu o esforço por parte de toda a equipa, bem como dos patrocinadores: «Já tínhamos saudades de terminar no pódio, quase já nem sabíamos como era! (risos). Tal só foi possível graças ao empenho de todos e dos patrocinadores, especialmente a UNITEL e o Banco BIC, que têm sido incansáveis».

 

 

 

O piloto da província de Benguela, Elício Lacerda, conquistou hoje, domingo, na capital do país, o Grande Prémio Cidade de Luanda de Karting na categoria DD2 em seniores, ao totalizar 70 pontos.

A prova foi disputada  na  baixa de Luanda entre a avenida Rainha N'Jinga e o edifício da bolsa de valores  num percurso de cerca de  774 metros. Elício Lacerda do clube Team El  precisou de duas mangas para superar o seu oponente João Monteiro, de Luanda, que venceu a primeira das três previstas .

Na categoria de Max em juniores, Tatiana Alves do clube Team Jolif de Luanda sagrou-se vencedora  ao totalizar 60 pontos, superando o seu adversário  Kevin Peixote nas três mangas, das 15 voltas previstas no regulamento.    

O certame tem a parceria do Banco de Comércio e Indústria (BCI) e realiza-se no âmbito da massificação  da modalidade e da solidariedade com os jogos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) Que Angola vai acolher de 23 deste mês a 3 de Agosto do corrente ano.

O Grande Prémio de Luanda está inserido no calendário anual de competições   da Federação Angolana dos  Desportos  Motorizados(FADM).

Neste GP participaram trinta pilotos das províncias de Luanda, Benguela e  Namibe. O certame teve dois  circuitos, sendo oito na classe de Max/KF (juniores) e vinte e dois na classe de DD2 (carros para adulto).

 

Numa decisão tudo menos consensual, o avançado argentino, que só faturou na fase de grupos, foi eleito o melhor jogador do Mundial 2014, à frente de Thomas Müller e Arjen Robben.

Lionel Messi conquistou a Bola de Ouro do Mundial 2014, galardão atribuído ao melhor jogador da competição, segundo o Comité Técnico da FIFA e a votação dos representantes da imprensa, após a final entre Alemanha e Argentina, que terminou com festa germânica (1-0).

Apesar de só ter feito golos durante a fase de grupos (quatro) e de ter estado particularmente "apagado" nos quartos-de-final e nas meias-finais, Messi acabou por receber a distinção.

Thomas Müller, campeão do Mundo e autor de cinco golos, recebeu a Bola de Prata. Arjen Robben, por sua vez, além de ter sido 3.º classificado com a Holanda também recebeu a Bola de Bronze.

Messi é o terceiro argentino a receber a Bola de Ouro do Mundial (não confundir com a Bola de Ouro FIFA, atribuída anualmente), depois de Mario Kempes (1978, ano da primeira edição) e Maradona (1986), estes dois últimos campeões mundiais de seleções.

Paolo Rossi (1982), Salvatore Schillaci (1990), Romário (1994), Ronaldo (1998), Oliver Kahn (2002), Zidane (2006) e Diego Forlán (2010) completam a galeria dos vencedores.

Com um vídeo diferente dos que estamos acostumados a assistir, o cantor Scott Di aparece para revolucionar a maneira como são feitos os videoclipes nacionais nas mais diferentes vertentes. "Está dar medo" é a sua mais recente música cujo videoclipe foi gravado em Luanda no bairro Terra Nova e contou com participações dos músicos Maskarado e Doutor Black.
Em entrevista à Platina Line O músico Scott Di revelou que sempre foi vontade sua fazer um vídeo surreal com objectivo de fazer crítica social aos angolanos.

 

Assista antes o teaser do videoclipe...

Texto: Júlia Felipe
segunda, 14 julho 2014 19:59

Desmaios em Show de Helga Fêty

A Carbura Service realizou um show no Cine África denominado “I love Cazenga”, no passado sábado (12) em que a cantora angolana Helga Fêty foi a convidada especial da noite. Entusiasmo e emoções marcaram o show da cantora, tornando num momento inesquecível.
 
 

O extrovertido radialista Bernardo Mário, teve o cargo de apresentação do evento, e teve o suporte de músicos da banda. O show contou com cerca de 10 mil pessoas, a artista surpreendeu os fãs com um look fantástico, usou um vestido longo, preto e brilhante esbanjando elegância e muito charme, marcaram presença: Kenny Base, Kanda, Margareth do Rosário, e outros.

Com o seu jeito doce, Helga arrancou gritos e muitos assobios, houve até desmaios por parte dos admiradores. O momento mais alto da noite foi quando uma fã desmaiou e explicou o carinho e admiração que tem pela cantora. O show de certeza ficará marcado na memória daqueles que fizeram-se presente.

 

Texto: Osvaldo Sampaio

A artista plástica Daniela Ribeiro apresentou a colecção intitulada “Nossa Cultura” na passada quinta-feira (10) no Memorial Agostinho Neto, é uma colecção que retrata o País.

Daniela é uma angolana que saiu da terra em 1992 para estudar e regressou dez anos depois por sentir necessidade de voltar as suas raízes. Percebeu que Angola tinha mudado, não só pelo fim da guerra mas pelo processo de autodeterminação nos angolanos e a afirmação da sua cultura.

 

A colecção “Nossa Cultura” é feita de tecidos africanos, peças de telemóveis e símbolos. Símbolos por Angola ser um país sem complexo racial, para que não se perca a especificidade cultural num mundo tão global como o que temos hoje, os tecidos africanos representam a tradição e os telemóveis é para mostrar a transição e absorção do mundo ocidental, um avanço cultural. A colecção demorou seis meses a ser trabalhada, um processo demorado, a artista levou três meses a montar as peças de telemóvel nos quadros decorados com pano africano, a maior parte deles angolanos.

 

A exposição serve de alerta para que se valorize mais a nossa cultura pelas pessoas que deviam ter a responsabilidade de passar valores culturais regionais de Angola. Daniela é uma artista ecléctica porque não se concentra num único tema, aborda vários, sendo a base o continente africano.

 

“África não se explica, é preciso vir cá para se compreender. Os valores tradicionais foram importantes para o meu crescimento, sem isso não seria a pessoa especial que fui lá fora. Se não tivesse crescido em Angola seria outra pessoa” explica à artista. O seu trabalho reflecte também o processo de transição de Angola, por isso, afirma que a preservação da nossa cultura não deve ser só uma preocupação dos artistas mas de todos os angolanos. Segundo ela “Para além de combater a pobreza e o analfabetismo, é sobretudo importante preservarmos a cultura para continuarmos a saber quem somos e de onde viemos porque um povo que não tem cultura, que não tem identidade, desaparece

O principal objectivo da artista plástica é afirmar a cultura africana no mundo inteiro e ver em Angola mais espaços onde os artistas possam expor os seus trabalhos.

 

Texto: Ângela Cardoso

Sem nenhuma surpresa devido às dinâmicas de grupo, Larama e Yasha voltam para o Paredão. Mas são acompanhados para o último Paredão da primeira edição do Big Brother Angola, pelos Brothers Bito e Rui.

As razões que os Brothers deram para Nomearam uns aos outros, variam de má educação para falsidade, de falta de opções para ataque ao grupo.

Larama foi de novo o mais Votado (com três Votos), seguido de Bito, Rui e Yasha (todos com dois). A Brother Nany recebeu apenas um Voto.

O Brother Essm não foi Nomeado porque é o Soba da Casa, cargo que exerce pela segunda vez consecutiva. É preciso recordar que o Soba Essm foi o primeiro Brother a chegar à final da primeira edição do progarama mais badalado de Angola.

No entanto, porque com a ida dos quatro Brothers (Bito, Larama, Rui e Yasha), por via de Nomeações dos Brothers para o Paredão, só fica a Brother Nany por Nomear amanhã, o Soba terá que tomar uma decisão dura.

O Soba Essm terá que Nomear a Nany para o Paredão ou terá que passar a chance, e assim ficar ele automaticamente Nomeado, segundo as regras do Big Brother.

O que vai acontecer? Como é que vai proceder o Soba? Vai ele Nomear a namorada Nany ou vai, em nome do amor, abster-se de Nomeá-la e parar ele próprio no Paredão? O que acham? Será o Brother Essm corajoso o suficiente para enfrentar o Paredão em nome do amor?

 

Os telespectadores em Angola e Moçambique podem ver o Big Brother em Directo nos canais 197 e 198 dos pacotes DStv Bué ou DStv Grande. Os canais 597 e 598 estarão disponíveis na África do Sul para os clientes do pacote DStv Portuguesa.

 

O músico angolano W-King anunciou domingo no município de Ambaca, província do Cuanza Norte, ter em curso a preparação de uma nova obra discográfica, a ser lançada em princípios do ano 2015.

Em Entrevista no final de um espetáculo músico-cultural alusivo as comemorações dos 80 anos da fundação da vila de Camabatela, sede do município de Ambaca, W-King disse que o trabalho está a ser preparado com muita cautela, por formas a superar a qualidade do seu álbum anterior.

O cantor disse que vai manter-se fiel ao estilo musical Ku-Duro, embora tenha perspectivas de aderir a outros estilos.

W-King informou ainda que em termos de agenda, o ano 2014 está ser positivo em todos os domínios, visto que recebe convites constantes para espectáculos em várias províncias e no estrangeiro, acrescentando que vai aproveitar o ano para promover as suas músicas.

Evento celebra a liberdade criativa sob os pilares da Moda, Arte e Design, no ano em que Cape Town vive como Capital Mundial do Design
A principal montra da moda Primavera/Verão da África do Sul, a Mercedes-Benz Fashion Week Cape Town (MBFWCT) 2014, está de regresso com várias novidades. Cerca de 25 estilistas de topo irão apresentar as suas colecções em 17 desfiles no Centro de Convenções Internacional, de 24 a 26 de Julho.


Nomes como Gavin Rajah, KLûK CGDT, Stefania Morland, Fabiani, Craig Port, e ainda muitos jovens talentos, irão apresentar as suas colecções na MBFWCT 2014 e marcar as tendências da moda da próxima estação. “A Mercedes-Benz Fashion Week Cape Town representa uma excelente oportunidade para os estilistas, estabelecidos e aspirantes, de toda a África do Sul, apresentarem as suas novas colecções de Primavera/Verão. Estamos extremamente entusiasmados com o talento dos estilistas que irão participar na edição deste ano,” refere Sizwe Nzimande, porta-voz da organização da MBFW e da African Fashion International (AFI).

mercedes1233.png


Um grande número de estilistas e respectivas marcas, incluindo SHANA, W35T, Lara Klawikowski, Pichulik, Nicholas Coutts, Michelle Ludek, Tart, Ruald Rheeder, Non-European, Spilt Milk, Lo, Lazuli, Danielle Margaux & Selfi, entre outras, oriundos da cidade mãe de Cape Town, e ainda de Durban - Leigh Schubert, e Joanesburgo - Loin Cloth & Ashes, irão elevar a moda a outros níveis.


“Numa altura em que a cidade de Cape Town vive o seu estado de Capital Mundial do Design 2014, a AFI celebra a liberdade criativa sob os pilares da Moda, Arte e Design, com várias e importantes plataformas de desenvolvimento de talento e da indústria para tornar este evento ainda mais envolvente e único,” acrescenta Nzimande.
Como parte da missão da AFI de promover a independência criativa entre os novos talentos da indústria da moda e do design, os jovens e talentosos estilistas sul-africanos Nicholas Coutts, Alexandra Blanc (BLANC), Ernest Mahomane, e a AFI Jovem Estilista do Ano 2014, Eleni Labrou (Akedo), irão trazer as suas colecções até às passerelles do AFI Next Generation, uma das muitas plataformas da AFI para apoiar e garantir a exposição de novos e futuros estilistas.


O programa AFI FastrackTM trará também o futuro da moda ao de cima, com uma notável instalação de Rich Mnisi, Tuelo Ngunyuka, Jessica Ross e Naazneen Kagee, todos eles vencedores do Fastrack da Mercedes-Benz Fashion Week Johannesburg, que decorreu no início deste ano.


Outro elemento inovador da MBFWCT 2014 será a edição especial dos tão conhecidos seminários FashionTalks. Este ano a conversa será em torno do tema - como comercializar melhor a criatividade, e incluirá a transmissão do primeiro documentário sul-africano sobre moda internacional - Advanced Style, bem como um debate com o autor do filme e alguns líderes da indústria local sobre como uma abordagem inovadora pode tornar uma pequena ideia num sucesso internacional.


A MBFWCT reúne anualmente mais de mil empreendedores da área da moda, investidores, profissionais da indústria e órgãos de comunicação social locais e internacionais. Espera-se que a edição deste ano seja reveladora e inspiradora, já que a cidade celebra o futuro promissor do design e o negócio da moda na África do Sul.
Os ingressos estão disponíveis a partir de 100 até 250 Rands, cerca de 1.000 e 2.400 Kwanzas.

Programa:

 

DATA

ESTILISTA

HORA

24 JULHO

Marianne Fassler

17h00

Lara Klawikowski / Spilt Milk

18h00

Gavin Rajah

19h15

Stefania Morland

20h30

W35T / Shana

21h30

25 JULHO

AFI Fashion Talks

13h00

AFI Next Generation

17h00

Michelle Ludek / Tart

18h00

Kobus Dippenaar Atelier

19h15

Ruald Rheeder / NON-EUROPEAN

20h30

26 JULHO

Lazuli/ Lo / Pichulik

14h00

Danielle Margaux / Selfi

15h30

Leigh Schubert / LCA

16h30

Lalesso

17h45

Craig Port

19h00

Fabiani

21h30

 
segunda, 14 julho 2014 13:21

MCK faz homenagem a Teta Lando

 

O Rapper MCK, fez uma bela homenagem em musica ao astro da musica angolana, que faleceu há 6 anos .

 

Em Seu perfil do Facebook, Teta Lando, partilhou o vídeo e uma mensagem do Facebook :

 

Faz hoje 6 anos desde o dia que Teta Lando nos deixou, assista agora o video em sua Homenagem, e ofereça vida eterna ao Artista que sempre apelou união e valorização da classe.

 

    Pelo terceiro ano consecutivo, SOCIAL TEAM  alcança o pódio na foz do Rio Longa. Ricardo Fernandes conquistou um excelente terceiro lugar;

  • Deborah Almeida estreou o seu novo CAN AM Mavericks XRS 1000.

No fim-de-semana de 12 e 13 de Julho, na cidade do Longa, realizou-se a quarta prova do Campeonato Angolano de Rali Raid 2014. Este é um percurso especial para o Social Team, que depois de Deborah Almeida em 2012 e Rodrigo Morais em 2013, teve agora  novo piloto no pódio: Ricardo Fernandes.  

O piloto que está em ano de estreia a correr pelo Social Team largou da quinta posição conquistada no prólogo, e terminou a prova num excelente terceiro lugar. Foi o primeiro pódio de 2014 para a equipa mais social das pistas angolanas.

«Terceiro lugar foi cereja no topo do bolo»

Depois do Rali Lobito e da Baja de Quilengues, Ricardo Fernandes estava muito satisfeito por ter conseguido chegar ao fim das 2 horas do Longa: «Sinceramente, eu só queria terminar a corrida. Não tinha conseguido fazê-lo antes e esse era o  principal objetivo. Alcançar o pódio foi a cereja no topo do bolo».

Segundo o piloto número #007, a estratégia foi igual à das provas anteriores: «Não mudámos nada em relação ao Lobito e a Quilengues. Não me poupei a mim nem ao Can Am, a sorte é que mudou e desta vez, fomos felizes», concluiu.

FilipeMotorShow reforçou aposta no Social Team

O Social Team reservou algumas novidades para as 2 Horas TT 2014 Longa by Cargo. Deborah Almeida estreou o seu novo CAN AM Mavericks XRS 1000, fruto da parceria com a FilipeMotorShow, e o ST contou com um novo aliado: o camião de assistência by Sistec, todo decorado à imagem dos campeões nacionais em título.

Deborah Almeida voltou a ser a única mulher em pista.

Depois de ter terminado o prólogo na penúltima posição, teve uma recuperação fantástica em prova e cruzou a meta no décimo posto, num total de 21 participantes.

A piloto social estreou-se ao volante do novo carro e reservou-lhe muitos elogios: «O CAN AM 1000 é muito superior ao Polaris 900 que conduzia. A aceleração, a forma como sai das curvas e a velocidade de ponta são muito superiores. A nova aerodinâmica também faz com que o carro seja mais seguro, mas ainda preciso de algum tempo para me adaptar completamente».

Por último, Alexandre Xandú, um dos membros mais carismáticos do Social Team, agradeceu o esforço por parte de toda a equipa, bem como dos patrocinadores: «Já tínhamos saudades de terminar no pódio, quase já nem sabíamos como era! (risos). Tal só foi possível graças ao empenho de todos e dos patrocinadores, especialmente a UNITEL e o Banco BIC, que têm sido incansáveis».

 

 

 

O piloto da província de Benguela, Elício Lacerda, conquistou hoje, domingo, na capital do país, o Grande Prémio Cidade de Luanda de Karting na categoria DD2 em seniores, ao totalizar 70 pontos.

A prova foi disputada  na  baixa de Luanda entre a avenida Rainha N'Jinga e o edifício da bolsa de valores  num percurso de cerca de  774 metros. Elício Lacerda do clube Team El  precisou de duas mangas para superar o seu oponente João Monteiro, de Luanda, que venceu a primeira das três previstas .

Na categoria de Max em juniores, Tatiana Alves do clube Team Jolif de Luanda sagrou-se vencedora  ao totalizar 60 pontos, superando o seu adversário  Kevin Peixote nas três mangas, das 15 voltas previstas no regulamento.    

O certame tem a parceria do Banco de Comércio e Indústria (BCI) e realiza-se no âmbito da massificação  da modalidade e da solidariedade com os jogos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) Que Angola vai acolher de 23 deste mês a 3 de Agosto do corrente ano.

O Grande Prémio de Luanda está inserido no calendário anual de competições   da Federação Angolana dos  Desportos  Motorizados(FADM).

Neste GP participaram trinta pilotos das províncias de Luanda, Benguela e  Namibe. O certame teve dois  circuitos, sendo oito na classe de Max/KF (juniores) e vinte e dois na classe de DD2 (carros para adulto).

 

Numa decisão tudo menos consensual, o avançado argentino, que só faturou na fase de grupos, foi eleito o melhor jogador do Mundial 2014, à frente de Thomas Müller e Arjen Robben.

Lionel Messi conquistou a Bola de Ouro do Mundial 2014, galardão atribuído ao melhor jogador da competição, segundo o Comité Técnico da FIFA e a votação dos representantes da imprensa, após a final entre Alemanha e Argentina, que terminou com festa germânica (1-0).

Apesar de só ter feito golos durante a fase de grupos (quatro) e de ter estado particularmente "apagado" nos quartos-de-final e nas meias-finais, Messi acabou por receber a distinção.

Thomas Müller, campeão do Mundo e autor de cinco golos, recebeu a Bola de Prata. Arjen Robben, por sua vez, além de ter sido 3.º classificado com a Holanda também recebeu a Bola de Bronze.

Messi é o terceiro argentino a receber a Bola de Ouro do Mundial (não confundir com a Bola de Ouro FIFA, atribuída anualmente), depois de Mario Kempes (1978, ano da primeira edição) e Maradona (1986), estes dois últimos campeões mundiais de seleções.

Paolo Rossi (1982), Salvatore Schillaci (1990), Romário (1994), Ronaldo (1998), Oliver Kahn (2002), Zidane (2006) e Diego Forlán (2010) completam a galeria dos vencedores.