O AFW comemora a sua décima sexta edição em quinze anos de existência. Quinze anos a reunir o que de melhor se faz, em termos de moda, na nossa Angola. De parcerias sérias e sustentáveis.

Foi com este   espírito pautou abertura do  Angola Fashion Week 2015 que reentra novamente no calendário internacional de moda. Começa assim o melhor do mundo fashion em três dias exclusivos de moda, atrações e convidados especiais. Um evento que tem vindo a ser preparado ao pormenor, porque a cultura e o engenho de Angola assim o merecem!

Os criadores, estilistas e designers do AFW mostram as suas mais variadas visões da moda, inspirados nas múltiplas espécies que a “Árvore da vida” exibe na paisagem de Angola e de África.

Sensualidade, moda e glamour são os   elementos que estão , uma vez mais presentes nesta edição do AFW.    O tema deste ano é o embondeiro. árvore mais glamorosa de África:

Somos uma terra abençoada por valiosos recursos naturais e humanos, como tal,  justificando assim a escolha do   tema do Angola Fashion Week 2015.

O Evento que teve a sua abertura hoje, continua ate o dia 27 sábado no centro cultural Paz Flor em Luanda.

Um local de referência, com fácil acesso, amplas áreas de estacionamento e segurança.

 De tronco delgado ou robusto, copa exuberante ou despida, as diversas formas que o Imbondeiro desfila no continente africano, saltam para a passarela do AFW15 num momento de harmonia entre a paisagem marcante e as novas tendências da moda de Angola.

 

 

 

O AFW comemora a sua décima sexta edição em quinze anos de existência. Quinze anos a reunir o que de melhor se faz, em termos de moda, na nossa Angola. De parcerias sérias e sustentáveis.

Foi com este   espírito pautou abertura do  Angola Fashion Week 2015 que reentra novamente no calendário internacional de moda. Começa assim o melhor do mundo fashion em três dias exclusivos de moda, atrações e convidados especiais. Um evento que tem vindo a ser preparado ao pormenor, porque a cultura e o engenho de Angola assim o merecem!

Os criadores, estilistas e designers do AFW mostram as suas mais variadas visões da moda, inspirados nas múltiplas espécies que a “Árvore da vida” exibe na paisagem de Angola e de África.

Sensualidade, moda e glamour são os   elementos que estão , uma vez mais presentes nesta edição do AFW.    O tema deste ano é o embondeiro. árvore mais glamorosa de África:

Somos uma terra abençoada por valiosos recursos naturais e humanos, como tal,  justificando assim a escolha do   tema do Angola Fashion Week 2015.

O Evento que teve a sua abertura hoje, continua ate o dia 27 sábado no centro cultural Paz Flor em Luanda.

Um local de referência, com fácil acesso, amplas áreas de estacionamento e segurança.

 De tronco delgado ou robusto, copa exuberante ou despida, as diversas formas que o Imbondeiro desfila no continente africano, saltam para a passarela do AFW15 num momento de harmonia entre a paisagem marcante e as novas tendências da moda de Angola.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais de Mim é o último trabalho discográfico de Originais comercializado pela cantora Perola no ano passado, e o mesmo tem se proliferado de forma abrangente no nosso mercado em função da qualidade apresentada pelo álbum e pela campanha publicitária protagonizada pela cantora desde a época do seu lançamento.

Tal como havia prometido nas vésperas da sua digressão em Portugal, a cantora fará agora o lançamento oficial do Álbum em Portugal no dia 29 do mês em curso segundo informações provenientes da mesma.

Perspetiva-se um nível de aceitação motivador tendo em conta a boa recepção do público português concernente ao seu trabalho.

Texto: Sued de Oliveira

Há uma semana do seu casamento modelo Lisandra Francisco vai desfilar no AFW, não como modelo normal mas como convidada especial de um dos estilistas internacionais, o Moçambicano Taibo Bacar .

O estilista reconhecendo que Lisandra é uma das melhores modelos do mercado não abriu mão de a ter no seu desfile. Lisandra Francisco preferiu este ano não desfilar em detrimento do seu casamento.

"A ansiedade e o desgaste a esta altura é inevitável por isso preferi afastar-me." Mas confessou que decidiu a última da hora fazer apenas um único desfile para o estilista que considera o melhor de África.

Por: Rosa Matemba

 

A estilista angolana Suraya da Piedade , que divide o seu amor pela moda entre Angola e Brasil, será uma das estilistas que vai apresentar a sua colecção na 15ª edição do Angola Feshion Week a decorrer em Luanda, no Centro Cultural Paz Flor nos dias 25, 26, e 27 de Junho.

Em entrevista à Platina line, a estilista mostrou-se confiante em relação a esta edição do Angola Fashion Week 2015 , e espera que o mesmo seja um espectáculo que o público jamais viu a melhor de todas. A mesma revelou que pela primeira vez ira inserir o tema do evento à colecção, onde usou renda em cinco tons diferentes, organza de seda para alguns detalhes.


Além, dos estilos que tem habituado o público, Suraya da Piedade contou que para este ano as pessoas poderão esperar dela evolução “acredito que este deve ser o caminho de quem cria, nunca ficar parado no mesmo lugar,ainda que seja sempre o mesmo estilo,é possível variar dentro dele...”

Quando questionada sobre a moda angolana, a criadora mostrou-se optimista dizendo que, “a moda feita em Angola está num momento de mudança,de crescimento,e isso é muito positivo,precisamos agora que a Indústria têxtil siga o mesmo ritmo..” declarou.

Após 10 anos a estudar moda, a conceituada estilista participou pela primeira vez num evento de moda em 2012 , no Angola Feshion Week tendo sido considerada revelação da Moda Nacional “ foi sem dúvida um marco na história da marca”, conclui.

 

Por: Iraneth da Cruz

Modelo, actriz, e também artista plástica são alguns dos atributos de Renata Monteiro Torres de 1,80 de altura nascida em Luanda a 1 de Julho de 1987.

Graduada em Artes Visuais pela UEL “Universidade Estadual de Londrina”, no Brasil, Renata ingressou no mundo da moda aos 17 anos de idade. Segundo a mesma, foi uma entrada forçada pelo seu tipo físico: “magra e alta”.

Já o teatro foi por acidente, uma vez que inscreveu-se no curso de teatro apenas para aprimorar a sua expressão corporal, com intenção de aplicá-la na moda, mas foi surpreendida com o facto de se sentir confortável ao actuar.
“Nas Artes plásticas foi uma escolha consciente, fiz o ensino médio de artes plásticas no Infac (actual DINFA) e fui para o Brasil fazer o ensino superior na mesma área, com intenção de me especializar em crítica e história de arte”, disse a artista.
Renata Torres fez algumas exposições no Brasil, e em Angola apenas no Fenacult.

“Me considero artista visual e como tal tenho feito mais performances que vou registando em fotos ou vídeo, cá por exemplo, já realizei duas na ilha de Luanda ao ar livre”, afirmou .
Conta ela que um dos desfiles que mais a marcou foi no Cine Atlântico com estilistas nacionais e internacionais, coreografado por Alex Kangala, bem como a sua primeira participação no Huíla Fashion.
“Como actriz, tenho no currículo alguns trabalhos de referência feitos no Brasil, nunca me vou esquecer da primeira vez que subi num palco, o meu personagem era uma rainha de bateria, outros trabalhos principalmente em teatro ficarão na minha memória para a eternidade. Cá tenho feito também algumas coisas boas, séries de tv, filmes de curta-metragem, performances e vídeo clipes, mas ainda há muito para trabalhar e aprender”, argumentou.
A artista diz que sempre teve envolvida com a arte, gostou de pintar, contar histórias, cantar, dançar e até o teatro na escola fazia tudo isso durante a sua infância. “Sempre fui muito expressiva mas talvez por falta de incentivo e orientação adequada isso foi se perdendo ao longo do caminho, sobrando apenas a pintura, para depois de adulta resgatar e investir nisso para a vida”. Risos.
A mesma confessou que admira muitos estilistas assim como artistas plásticas e actores. Nomeadamente Soraya da Piedade, Felicia Mahatma, Rose Palhares, Mia Mendes, Avelino Nascimento, Alex Kangala. E como bons artistas tem Filomena Coquenão, Leda Baltazar, Érica Jamece, Jano Mcbeeboo, Benjamin Sabby, Ronne Djibe, Meyembe. Actores de referência como Matamba Joaquim, Neyde Vandúnem, Meirinho Mendes. Eishh, são tantos… (risos)
Para finalizar contou-nos que conciliar todas essas áreas não é difícil, afirmando o seguinte: “Executo as minhas funções com prazer, a maior dificuldade, talvez seja gerência de tempo, não poder participar em alguns projectos por incompatibilidade da agenda, mas sempre com um apertozinho no coração.

Um dos membros do grupo "Originais", Cientista, que recentemente lançou a música Gindungo está a trabalhar a solo e a ser agenciado pela TM Agency "Europa" que já agendou mais de 20 shows pela Europa propriamente em Portugal, a tournée intitula-se"O Estágio" e terá inicio no dia 27 de junho do corrente ano.

Cientista disse-nos que não abandonou o grupo, mas se o mesmo fôr chamado para actuar e não estiver presente podem avançar sem a sua presença até porque é uma política do grupo, porque chegou altura de entrar em acção com os seus projectos pessoais. O músico foi convidado pela produtora TM Agency pelo reconhecimento do seu trabalho: "Estou muito feliz pelo convite, do meu lado vou aproveitar a imparcialidade do público para medir o nível de representação e claro para fortalecer a minha técnica e experiência em palco". Salientou o músico.

A tournée tem como objectivo promover a música Gindungo e outras novidades musicais e o músico ficará por lá até cumprir o calendário dos shows de verão.

Texto: Vídia António

quarta, 24 junho 2015 21:12

Marinela e Luna Em clima de Guerra!

Como é de hábito, hoje foi revelada a Tarefa da semana, onde os Brothers tiveram que apostar os seus Libongos.

Após uma série de controvérsia, o grupo chegou a um consenso e em conjunto, decidiram apostar 100% dos seus Libongos, caso vençam, o valor apostado será acrescido às compras da semana.

Logo depois, os Sobas tiveram a missão de fazer chegar a informação ao Big Brother.

Marinela, de certa maneira insatisfeita com “alguma coisa”, chamou nomes "ofensivos e abusivos" à Brother Luna, que prontamente reagiu aos desacatos.

Este mau clima, durou até o momento em que as duas Brothers foram chamadas ao Confessionário pelo Big!

Mas desta vez o Big não às ralhou, ele simplesmente chamou-lhes atenção pelo que acabara de suceder e pediu mais calma e sobretudo prudência antes de proferirem palavras ofensivas no interior da Casa do Big Brother.

O poste angolano da Universidade Metodista dos Estados Unidos Yanick Moreira afirmou que estará disponível para se juntar a selecção nacional provavelmente no inicio de Julho, tendo em conta a preparação para o Afrobasket2015.

Em entrevista à Angop, o jogador de 24 anos de idade, reagindo à chamada do seleccionador Moncho Lopez, explicou que aguarda o resultado do draft que terá lugar no dia 25, onde serão escolhidos jogadores para representar equipas da NBA, sendo ele um dos candidatos, uma vez que efectuou testes em algumas formações.

Deste modo, provavelmente apenas depois do dia 25 o atleta estará livre para se juntar a selecção nacional. “Não consigo precisar uma data, mas acredito que, talvez, na primeira semana de Julho estarei já em Luanda”, adiantou, realçando que estará totalmente disponível para o cinco angolano.

“É um orgulho representar a minha selecção, por isso sempre que for chamado vou responder positivamente e mostrar o meu valor. Estarei sempre a disposição do técnico”, frisou.

Sobre os convocados, Yanick Moreira disse que é um grupo forte e que o seleccionador vai encontrar muitas dificuldades na escolha dos 12. Sublinhou que espera que todos estejam bem, particularmente as principais referências, para poder ajudar Angola a conquistar mais um título africano e se qualificar para os Jogos Olímpicos.

Por outro lado, o jogador de 2,11 metros afirmou que espera melhorar a sua performance, comparativamente à participação no Mundial de 2014. “No ano passado joguei pouco por causa das lesões, este ano já estive melhor, mesmo não fazendo uma grande temporada, e espero melhorar ainda mais ao serviço da selecção”, acrescentou.

Os campeões africanos começaram a trabalhar segunda-feira, em Luanda. O Afrobasket vai decorrer de 19 a 30 de Agosto na Tunísia.

Para operação Tunísia, Moncho Lopes convocou os seguintes atletas:

Armando Costa, Hermenegildo Santos, Edmir Lucas, Edson Ndoniema, Reggie Moore, Felizardo Ambrósio (1º de Agosto), Carlos Morais, Olímpio Cipriano, Eduardo Mingas e Valdelício Joaquim (Libolo), Roberto Fortes, Domingos Bonifácio e Leonel Paulo (Petro de Luanda), Yanick Moreira (Universidade Metodista de Dallas/EUA) e Sílvio Sousa (Monte Verde High School/EUA).

Wuando Castro de Andrade, Coordenador-geral do Concurso STP Music Awards e Daniel Mendes, Coordenador-geral do Angola Music Awards encontraram-se na manhã de hoje, quarta-feira, 24 de junho, com o Presidente da República e Chefe do Estado, Manuel Pinto da Costa.
O encontro de cortesia aconteceu no Morro da Trindade, residência oficial do Chefe do Estado, e permitiu aos Organizadores do Concurso STP Music Awards by Unitel Olá Mundo, apresentar detalhadamente o projecto e convidar a Sua Excelência o Presidente da República a estar presente na grande Gala deste concurso que acontecerá no próximo dia 4 de Julho de 2015, no Palácio dos Congressos, para fazer a entrega do Prémio mais importante do Concurso, o Prémio Carreira.

Segundo Wuando de Andrade, “ Sua Excelência o Presidente da República mostrou disponibilidade total para participar no evento e congratulou-nos por esta iniciativa que irá impulsionar o sector cultural no País e, simultaneamente, congregar a nação são-tomense em volta de uma causa comum. Fizemos o ponto da situação em relação ao desenvolvimento do projeto e em relação à digressão nacional com os cantores nomeados que termina este sábado no Distrito de Água Grande, no Parque Popular.”
Segundo o Coordenador Geral do Angola Music Awards Daniel Mendes, refere que “foi um encontro muito positivo e descontraído, porque falamos da cultura dos dois países Angola e S. Tomé e Príncipe, falamos da união dos países vizinhos que já estão a organizar os Music Awards e achamos fundamental juntarmo-nos e ajudarmo-nos uns aos outros porque é a nossa cultura e se estivermos juntos estaremos mais fortalecidos para levarmos a nossa

Além da apresentação do projecto Concurso STP Music Awards, foi também abordada a preparação dos PALOP Music Awards que serão lançados no próximo ano, pelos organizadores dos Music Awards dos cinco países Angola, Cabo-Verde, Guiné Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe, foram os objectivos deste encontro de meia hora com o mais alto magistrado da Nação.
Sua Excelência Senhor Presidente Manuel Pinto da Costa, disponibilizou-se em apoiar-nos para a preparação e promoção dos PALOP Music Awards em 2016. Se todos os chefes de Estados dos PALOP o fizerem, ai estaremos no caminho certo e sincronizados na promoção das nossas culturas e das nossas bandeiras ao mundo. Acreditamos no forte potencial do evento tanto que atualmente já foram estabelecidas parcerias com outros países como Cabo Verde, Moçambique e Guiné Bissau.” Concluiu Daniel Mendes que “Unidos seremos capazes”.

Nesta Primeira edição estão contempladas 12 categorias sujeitas à votação e mais 2 homenagens, o prémio Carreira e o Prémio de mérito a título póstumo, cuja escolha dos vencedores é da responsabilidade do Júri e da Comissão organizadora. A Gala final está marcada para o dia 4 de Julho, no Palácio dos Congressos, na cidade de São Tomé.

Recorda-se que o Concurso STP Music Awards tem o objectivo reconhecer a excelência da música São-tomense e criar uma maior consciência pública sobre a diversidade cultural dos artistas e suas contribuições, bem como incentivar as iniciativas que desenvolvam a cultura do país, premiando os intérpretes, produtores e criadores de música Sao‐tomense que tenham colocado no mercado trabalhos discográficos entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro do ano anterior à realização deste concurso.

 

O AFW comemora a sua décima sexta edição em quinze anos de existência. Quinze anos a reunir o que de melhor se faz, em termos de moda, na nossa Angola. De parcerias sérias e sustentáveis.

Foi com este   espírito pautou abertura do  Angola Fashion Week 2015 que reentra novamente no calendário internacional de moda. Começa assim o melhor do mundo fashion em três dias exclusivos de moda, atrações e convidados especiais. Um evento que tem vindo a ser preparado ao pormenor, porque a cultura e o engenho de Angola assim o merecem!

Os criadores, estilistas e designers do AFW mostram as suas mais variadas visões da moda, inspirados nas múltiplas espécies que a “Árvore da vida” exibe na paisagem de Angola e de África.

Sensualidade, moda e glamour são os   elementos que estão , uma vez mais presentes nesta edição do AFW.    O tema deste ano é o embondeiro. árvore mais glamorosa de África:

Somos uma terra abençoada por valiosos recursos naturais e humanos, como tal,  justificando assim a escolha do   tema do Angola Fashion Week 2015.

O Evento que teve a sua abertura hoje, continua ate o dia 27 sábado no centro cultural Paz Flor em Luanda.

Um local de referência, com fácil acesso, amplas áreas de estacionamento e segurança.

 De tronco delgado ou robusto, copa exuberante ou despida, as diversas formas que o Imbondeiro desfila no continente africano, saltam para a passarela do AFW15 num momento de harmonia entre a paisagem marcante e as novas tendências da moda de Angola.

 

 

 

O AFW comemora a sua décima sexta edição em quinze anos de existência. Quinze anos a reunir o que de melhor se faz, em termos de moda, na nossa Angola. De parcerias sérias e sustentáveis.

Foi com este   espírito pautou abertura do  Angola Fashion Week 2015 que reentra novamente no calendário internacional de moda. Começa assim o melhor do mundo fashion em três dias exclusivos de moda, atrações e convidados especiais. Um evento que tem vindo a ser preparado ao pormenor, porque a cultura e o engenho de Angola assim o merecem!

Os criadores, estilistas e designers do AFW mostram as suas mais variadas visões da moda, inspirados nas múltiplas espécies que a “Árvore da vida” exibe na paisagem de Angola e de África.

Sensualidade, moda e glamour são os   elementos que estão , uma vez mais presentes nesta edição do AFW.    O tema deste ano é o embondeiro. árvore mais glamorosa de África:

Somos uma terra abençoada por valiosos recursos naturais e humanos, como tal,  justificando assim a escolha do   tema do Angola Fashion Week 2015.

O Evento que teve a sua abertura hoje, continua ate o dia 27 sábado no centro cultural Paz Flor em Luanda.

Um local de referência, com fácil acesso, amplas áreas de estacionamento e segurança.

 De tronco delgado ou robusto, copa exuberante ou despida, as diversas formas que o Imbondeiro desfila no continente africano, saltam para a passarela do AFW15 num momento de harmonia entre a paisagem marcante e as novas tendências da moda de Angola.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais de Mim é o último trabalho discográfico de Originais comercializado pela cantora Perola no ano passado, e o mesmo tem se proliferado de forma abrangente no nosso mercado em função da qualidade apresentada pelo álbum e pela campanha publicitária protagonizada pela cantora desde a época do seu lançamento.

Tal como havia prometido nas vésperas da sua digressão em Portugal, a cantora fará agora o lançamento oficial do Álbum em Portugal no dia 29 do mês em curso segundo informações provenientes da mesma.

Perspetiva-se um nível de aceitação motivador tendo em conta a boa recepção do público português concernente ao seu trabalho.

Texto: Sued de Oliveira

Há uma semana do seu casamento modelo Lisandra Francisco vai desfilar no AFW, não como modelo normal mas como convidada especial de um dos estilistas internacionais, o Moçambicano Taibo Bacar .

O estilista reconhecendo que Lisandra é uma das melhores modelos do mercado não abriu mão de a ter no seu desfile. Lisandra Francisco preferiu este ano não desfilar em detrimento do seu casamento.

"A ansiedade e o desgaste a esta altura é inevitável por isso preferi afastar-me." Mas confessou que decidiu a última da hora fazer apenas um único desfile para o estilista que considera o melhor de África.

Por: Rosa Matemba

 

A estilista angolana Suraya da Piedade , que divide o seu amor pela moda entre Angola e Brasil, será uma das estilistas que vai apresentar a sua colecção na 15ª edição do Angola Feshion Week a decorrer em Luanda, no Centro Cultural Paz Flor nos dias 25, 26, e 27 de Junho.

Em entrevista à Platina line, a estilista mostrou-se confiante em relação a esta edição do Angola Fashion Week 2015 , e espera que o mesmo seja um espectáculo que o público jamais viu a melhor de todas. A mesma revelou que pela primeira vez ira inserir o tema do evento à colecção, onde usou renda em cinco tons diferentes, organza de seda para alguns detalhes.


Além, dos estilos que tem habituado o público, Suraya da Piedade contou que para este ano as pessoas poderão esperar dela evolução “acredito que este deve ser o caminho de quem cria, nunca ficar parado no mesmo lugar,ainda que seja sempre o mesmo estilo,é possível variar dentro dele...”

Quando questionada sobre a moda angolana, a criadora mostrou-se optimista dizendo que, “a moda feita em Angola está num momento de mudança,de crescimento,e isso é muito positivo,precisamos agora que a Indústria têxtil siga o mesmo ritmo..” declarou.

Após 10 anos a estudar moda, a conceituada estilista participou pela primeira vez num evento de moda em 2012 , no Angola Feshion Week tendo sido considerada revelação da Moda Nacional “ foi sem dúvida um marco na história da marca”, conclui.

 

Por: Iraneth da Cruz

Modelo, actriz, e também artista plástica são alguns dos atributos de Renata Monteiro Torres de 1,80 de altura nascida em Luanda a 1 de Julho de 1987.

Graduada em Artes Visuais pela UEL “Universidade Estadual de Londrina”, no Brasil, Renata ingressou no mundo da moda aos 17 anos de idade. Segundo a mesma, foi uma entrada forçada pelo seu tipo físico: “magra e alta”.

Já o teatro foi por acidente, uma vez que inscreveu-se no curso de teatro apenas para aprimorar a sua expressão corporal, com intenção de aplicá-la na moda, mas foi surpreendida com o facto de se sentir confortável ao actuar.
“Nas Artes plásticas foi uma escolha consciente, fiz o ensino médio de artes plásticas no Infac (actual DINFA) e fui para o Brasil fazer o ensino superior na mesma área, com intenção de me especializar em crítica e história de arte”, disse a artista.
Renata Torres fez algumas exposições no Brasil, e em Angola apenas no Fenacult.

“Me considero artista visual e como tal tenho feito mais performances que vou registando em fotos ou vídeo, cá por exemplo, já realizei duas na ilha de Luanda ao ar livre”, afirmou .
Conta ela que um dos desfiles que mais a marcou foi no Cine Atlântico com estilistas nacionais e internacionais, coreografado por Alex Kangala, bem como a sua primeira participação no Huíla Fashion.
“Como actriz, tenho no currículo alguns trabalhos de referência feitos no Brasil, nunca me vou esquecer da primeira vez que subi num palco, o meu personagem era uma rainha de bateria, outros trabalhos principalmente em teatro ficarão na minha memória para a eternidade. Cá tenho feito também algumas coisas boas, séries de tv, filmes de curta-metragem, performances e vídeo clipes, mas ainda há muito para trabalhar e aprender”, argumentou.
A artista diz que sempre teve envolvida com a arte, gostou de pintar, contar histórias, cantar, dançar e até o teatro na escola fazia tudo isso durante a sua infância. “Sempre fui muito expressiva mas talvez por falta de incentivo e orientação adequada isso foi se perdendo ao longo do caminho, sobrando apenas a pintura, para depois de adulta resgatar e investir nisso para a vida”. Risos.
A mesma confessou que admira muitos estilistas assim como artistas plásticas e actores. Nomeadamente Soraya da Piedade, Felicia Mahatma, Rose Palhares, Mia Mendes, Avelino Nascimento, Alex Kangala. E como bons artistas tem Filomena Coquenão, Leda Baltazar, Érica Jamece, Jano Mcbeeboo, Benjamin Sabby, Ronne Djibe, Meyembe. Actores de referência como Matamba Joaquim, Neyde Vandúnem, Meirinho Mendes. Eishh, são tantos… (risos)
Para finalizar contou-nos que conciliar todas essas áreas não é difícil, afirmando o seguinte: “Executo as minhas funções com prazer, a maior dificuldade, talvez seja gerência de tempo, não poder participar em alguns projectos por incompatibilidade da agenda, mas sempre com um apertozinho no coração.

Um dos membros do grupo "Originais", Cientista, que recentemente lançou a música Gindungo está a trabalhar a solo e a ser agenciado pela TM Agency "Europa" que já agendou mais de 20 shows pela Europa propriamente em Portugal, a tournée intitula-se"O Estágio" e terá inicio no dia 27 de junho do corrente ano.

Cientista disse-nos que não abandonou o grupo, mas se o mesmo fôr chamado para actuar e não estiver presente podem avançar sem a sua presença até porque é uma política do grupo, porque chegou altura de entrar em acção com os seus projectos pessoais. O músico foi convidado pela produtora TM Agency pelo reconhecimento do seu trabalho: "Estou muito feliz pelo convite, do meu lado vou aproveitar a imparcialidade do público para medir o nível de representação e claro para fortalecer a minha técnica e experiência em palco". Salientou o músico.

A tournée tem como objectivo promover a música Gindungo e outras novidades musicais e o músico ficará por lá até cumprir o calendário dos shows de verão.

Texto: Vídia António

quarta, 24 junho 2015 21:12

Marinela e Luna Em clima de Guerra!

Como é de hábito, hoje foi revelada a Tarefa da semana, onde os Brothers tiveram que apostar os seus Libongos.

Após uma série de controvérsia, o grupo chegou a um consenso e em conjunto, decidiram apostar 100% dos seus Libongos, caso vençam, o valor apostado será acrescido às compras da semana.

Logo depois, os Sobas tiveram a missão de fazer chegar a informação ao Big Brother.

Marinela, de certa maneira insatisfeita com “alguma coisa”, chamou nomes "ofensivos e abusivos" à Brother Luna, que prontamente reagiu aos desacatos.

Este mau clima, durou até o momento em que as duas Brothers foram chamadas ao Confessionário pelo Big!

Mas desta vez o Big não às ralhou, ele simplesmente chamou-lhes atenção pelo que acabara de suceder e pediu mais calma e sobretudo prudência antes de proferirem palavras ofensivas no interior da Casa do Big Brother.

O poste angolano da Universidade Metodista dos Estados Unidos Yanick Moreira afirmou que estará disponível para se juntar a selecção nacional provavelmente no inicio de Julho, tendo em conta a preparação para o Afrobasket2015.

Em entrevista à Angop, o jogador de 24 anos de idade, reagindo à chamada do seleccionador Moncho Lopez, explicou que aguarda o resultado do draft que terá lugar no dia 25, onde serão escolhidos jogadores para representar equipas da NBA, sendo ele um dos candidatos, uma vez que efectuou testes em algumas formações.

Deste modo, provavelmente apenas depois do dia 25 o atleta estará livre para se juntar a selecção nacional. “Não consigo precisar uma data, mas acredito que, talvez, na primeira semana de Julho estarei já em Luanda”, adiantou, realçando que estará totalmente disponível para o cinco angolano.

“É um orgulho representar a minha selecção, por isso sempre que for chamado vou responder positivamente e mostrar o meu valor. Estarei sempre a disposição do técnico”, frisou.

Sobre os convocados, Yanick Moreira disse que é um grupo forte e que o seleccionador vai encontrar muitas dificuldades na escolha dos 12. Sublinhou que espera que todos estejam bem, particularmente as principais referências, para poder ajudar Angola a conquistar mais um título africano e se qualificar para os Jogos Olímpicos.

Por outro lado, o jogador de 2,11 metros afirmou que espera melhorar a sua performance, comparativamente à participação no Mundial de 2014. “No ano passado joguei pouco por causa das lesões, este ano já estive melhor, mesmo não fazendo uma grande temporada, e espero melhorar ainda mais ao serviço da selecção”, acrescentou.

Os campeões africanos começaram a trabalhar segunda-feira, em Luanda. O Afrobasket vai decorrer de 19 a 30 de Agosto na Tunísia.

Para operação Tunísia, Moncho Lopes convocou os seguintes atletas:

Armando Costa, Hermenegildo Santos, Edmir Lucas, Edson Ndoniema, Reggie Moore, Felizardo Ambrósio (1º de Agosto), Carlos Morais, Olímpio Cipriano, Eduardo Mingas e Valdelício Joaquim (Libolo), Roberto Fortes, Domingos Bonifácio e Leonel Paulo (Petro de Luanda), Yanick Moreira (Universidade Metodista de Dallas/EUA) e Sílvio Sousa (Monte Verde High School/EUA).

Wuando Castro de Andrade, Coordenador-geral do Concurso STP Music Awards e Daniel Mendes, Coordenador-geral do Angola Music Awards encontraram-se na manhã de hoje, quarta-feira, 24 de junho, com o Presidente da República e Chefe do Estado, Manuel Pinto da Costa.
O encontro de cortesia aconteceu no Morro da Trindade, residência oficial do Chefe do Estado, e permitiu aos Organizadores do Concurso STP Music Awards by Unitel Olá Mundo, apresentar detalhadamente o projecto e convidar a Sua Excelência o Presidente da República a estar presente na grande Gala deste concurso que acontecerá no próximo dia 4 de Julho de 2015, no Palácio dos Congressos, para fazer a entrega do Prémio mais importante do Concurso, o Prémio Carreira.

Segundo Wuando de Andrade, “ Sua Excelência o Presidente da República mostrou disponibilidade total para participar no evento e congratulou-nos por esta iniciativa que irá impulsionar o sector cultural no País e, simultaneamente, congregar a nação são-tomense em volta de uma causa comum. Fizemos o ponto da situação em relação ao desenvolvimento do projeto e em relação à digressão nacional com os cantores nomeados que termina este sábado no Distrito de Água Grande, no Parque Popular.”
Segundo o Coordenador Geral do Angola Music Awards Daniel Mendes, refere que “foi um encontro muito positivo e descontraído, porque falamos da cultura dos dois países Angola e S. Tomé e Príncipe, falamos da união dos países vizinhos que já estão a organizar os Music Awards e achamos fundamental juntarmo-nos e ajudarmo-nos uns aos outros porque é a nossa cultura e se estivermos juntos estaremos mais fortalecidos para levarmos a nossa

Além da apresentação do projecto Concurso STP Music Awards, foi também abordada a preparação dos PALOP Music Awards que serão lançados no próximo ano, pelos organizadores dos Music Awards dos cinco países Angola, Cabo-Verde, Guiné Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe, foram os objectivos deste encontro de meia hora com o mais alto magistrado da Nação.
Sua Excelência Senhor Presidente Manuel Pinto da Costa, disponibilizou-se em apoiar-nos para a preparação e promoção dos PALOP Music Awards em 2016. Se todos os chefes de Estados dos PALOP o fizerem, ai estaremos no caminho certo e sincronizados na promoção das nossas culturas e das nossas bandeiras ao mundo. Acreditamos no forte potencial do evento tanto que atualmente já foram estabelecidas parcerias com outros países como Cabo Verde, Moçambique e Guiné Bissau.” Concluiu Daniel Mendes que “Unidos seremos capazes”.

Nesta Primeira edição estão contempladas 12 categorias sujeitas à votação e mais 2 homenagens, o prémio Carreira e o Prémio de mérito a título póstumo, cuja escolha dos vencedores é da responsabilidade do Júri e da Comissão organizadora. A Gala final está marcada para o dia 4 de Julho, no Palácio dos Congressos, na cidade de São Tomé.

Recorda-se que o Concurso STP Music Awards tem o objectivo reconhecer a excelência da música São-tomense e criar uma maior consciência pública sobre a diversidade cultural dos artistas e suas contribuições, bem como incentivar as iniciativas que desenvolvam a cultura do país, premiando os intérpretes, produtores e criadores de música Sao‐tomense que tenham colocado no mercado trabalhos discográficos entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro do ano anterior à realização deste concurso.

 

O AFW comemora a sua décima sexta edição em quinze anos de existência. Quinze anos a reunir o que de melhor se faz, em termos de moda, na nossa Angola. De parcerias sérias e sustentáveis.

Foi com este   espírito pautou abertura do  Angola Fashion Week 2015 que reentra novamente no calendário internacional de moda. Começa assim o melhor do mundo fashion em três dias exclusivos de moda, atrações e convidados especiais. Um evento que tem vindo a ser preparado ao pormenor, porque a cultura e o engenho de Angola assim o merecem!

Os criadores, estilistas e designers do AFW mostram as suas mais variadas visões da moda, inspirados nas múltiplas espécies que a “Árvore da vida” exibe na paisagem de Angola e de África.

Sensualidade, moda e glamour são os   elementos que estão , uma vez mais presentes nesta edição do AFW.    O tema deste ano é o embondeiro. árvore mais glamorosa de África:

Somos uma terra abençoada por valiosos recursos naturais e humanos, como tal,  justificando assim a escolha do   tema do Angola Fashion Week 2015.

O Evento que teve a sua abertura hoje, continua ate o dia 27 sábado no centro cultural Paz Flor em Luanda.

Um local de referência, com fácil acesso, amplas áreas de estacionamento e segurança.

 De tronco delgado ou robusto, copa exuberante ou despida, as diversas formas que o Imbondeiro desfila no continente africano, saltam para a passarela do AFW15 num momento de harmonia entre a paisagem marcante e as novas tendências da moda de Angola.

 

 

 

O AFW comemora a sua décima sexta edição em quinze anos de existência. Quinze anos a reunir o que de melhor se faz, em termos de moda, na nossa Angola. De parcerias sérias e sustentáveis.

Foi com este   espírito pautou abertura do  Angola Fashion Week 2015 que reentra novamente no calendário internacional de moda. Começa assim o melhor do mundo fashion em três dias exclusivos de moda, atrações e convidados especiais. Um evento que tem vindo a ser preparado ao pormenor, porque a cultura e o engenho de Angola assim o merecem!

Os criadores, estilistas e designers do AFW mostram as suas mais variadas visões da moda, inspirados nas múltiplas espécies que a “Árvore da vida” exibe na paisagem de Angola e de África.

Sensualidade, moda e glamour são os   elementos que estão , uma vez mais presentes nesta edição do AFW.    O tema deste ano é o embondeiro. árvore mais glamorosa de África:

Somos uma terra abençoada por valiosos recursos naturais e humanos, como tal,  justificando assim a escolha do   tema do Angola Fashion Week 2015.

O Evento que teve a sua abertura hoje, continua ate o dia 27 sábado no centro cultural Paz Flor em Luanda.

Um local de referência, com fácil acesso, amplas áreas de estacionamento e segurança.

 De tronco delgado ou robusto, copa exuberante ou despida, as diversas formas que o Imbondeiro desfila no continente africano, saltam para a passarela do AFW15 num momento de harmonia entre a paisagem marcante e as novas tendências da moda de Angola.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais de Mim é o último trabalho discográfico de Originais comercializado pela cantora Perola no ano passado, e o mesmo tem se proliferado de forma abrangente no nosso mercado em função da qualidade apresentada pelo álbum e pela campanha publicitária protagonizada pela cantora desde a época do seu lançamento.

Tal como havia prometido nas vésperas da sua digressão em Portugal, a cantora fará agora o lançamento oficial do Álbum em Portugal no dia 29 do mês em curso segundo informações provenientes da mesma.

Perspetiva-se um nível de aceitação motivador tendo em conta a boa recepção do público português concernente ao seu trabalho.

Texto: Sued de Oliveira

Há uma semana do seu casamento modelo Lisandra Francisco vai desfilar no AFW, não como modelo normal mas como convidada especial de um dos estilistas internacionais, o Moçambicano Taibo Bacar .

O estilista reconhecendo que Lisandra é uma das melhores modelos do mercado não abriu mão de a ter no seu desfile. Lisandra Francisco preferiu este ano não desfilar em detrimento do seu casamento.

"A ansiedade e o desgaste a esta altura é inevitável por isso preferi afastar-me." Mas confessou que decidiu a última da hora fazer apenas um único desfile para o estilista que considera o melhor de África.

Por: Rosa Matemba

 

A estilista angolana Suraya da Piedade , que divide o seu amor pela moda entre Angola e Brasil, será uma das estilistas que vai apresentar a sua colecção na 15ª edição do Angola Feshion Week a decorrer em Luanda, no Centro Cultural Paz Flor nos dias 25, 26, e 27 de Junho.

Em entrevista à Platina line, a estilista mostrou-se confiante em relação a esta edição do Angola Fashion Week 2015 , e espera que o mesmo seja um espectáculo que o público jamais viu a melhor de todas. A mesma revelou que pela primeira vez ira inserir o tema do evento à colecção, onde usou renda em cinco tons diferentes, organza de seda para alguns detalhes.


Além, dos estilos que tem habituado o público, Suraya da Piedade contou que para este ano as pessoas poderão esperar dela evolução “acredito que este deve ser o caminho de quem cria, nunca ficar parado no mesmo lugar,ainda que seja sempre o mesmo estilo,é possível variar dentro dele...”

Quando questionada sobre a moda angolana, a criadora mostrou-se optimista dizendo que, “a moda feita em Angola está num momento de mudança,de crescimento,e isso é muito positivo,precisamos agora que a Indústria têxtil siga o mesmo ritmo..” declarou.

Após 10 anos a estudar moda, a conceituada estilista participou pela primeira vez num evento de moda em 2012 , no Angola Feshion Week tendo sido considerada revelação da Moda Nacional “ foi sem dúvida um marco na história da marca”, conclui.

 

Por: Iraneth da Cruz

Modelo, actriz, e também artista plástica são alguns dos atributos de Renata Monteiro Torres de 1,80 de altura nascida em Luanda a 1 de Julho de 1987.

Graduada em Artes Visuais pela UEL “Universidade Estadual de Londrina”, no Brasil, Renata ingressou no mundo da moda aos 17 anos de idade. Segundo a mesma, foi uma entrada forçada pelo seu tipo físico: “magra e alta”.

Já o teatro foi por acidente, uma vez que inscreveu-se no curso de teatro apenas para aprimorar a sua expressão corporal, com intenção de aplicá-la na moda, mas foi surpreendida com o facto de se sentir confortável ao actuar.
“Nas Artes plásticas foi uma escolha consciente, fiz o ensino médio de artes plásticas no Infac (actual DINFA) e fui para o Brasil fazer o ensino superior na mesma área, com intenção de me especializar em crítica e história de arte”, disse a artista.
Renata Torres fez algumas exposições no Brasil, e em Angola apenas no Fenacult.

“Me considero artista visual e como tal tenho feito mais performances que vou registando em fotos ou vídeo, cá por exemplo, já realizei duas na ilha de Luanda ao ar livre”, afirmou .
Conta ela que um dos desfiles que mais a marcou foi no Cine Atlântico com estilistas nacionais e internacionais, coreografado por Alex Kangala, bem como a sua primeira participação no Huíla Fashion.
“Como actriz, tenho no currículo alguns trabalhos de referência feitos no Brasil, nunca me vou esquecer da primeira vez que subi num palco, o meu personagem era uma rainha de bateria, outros trabalhos principalmente em teatro ficarão na minha memória para a eternidade. Cá tenho feito também algumas coisas boas, séries de tv, filmes de curta-metragem, performances e vídeo clipes, mas ainda há muito para trabalhar e aprender”, argumentou.
A artista diz que sempre teve envolvida com a arte, gostou de pintar, contar histórias, cantar, dançar e até o teatro na escola fazia tudo isso durante a sua infância. “Sempre fui muito expressiva mas talvez por falta de incentivo e orientação adequada isso foi se perdendo ao longo do caminho, sobrando apenas a pintura, para depois de adulta resgatar e investir nisso para a vida”. Risos.
A mesma confessou que admira muitos estilistas assim como artistas plásticas e actores. Nomeadamente Soraya da Piedade, Felicia Mahatma, Rose Palhares, Mia Mendes, Avelino Nascimento, Alex Kangala. E como bons artistas tem Filomena Coquenão, Leda Baltazar, Érica Jamece, Jano Mcbeeboo, Benjamin Sabby, Ronne Djibe, Meyembe. Actores de referência como Matamba Joaquim, Neyde Vandúnem, Meirinho Mendes. Eishh, são tantos… (risos)
Para finalizar contou-nos que conciliar todas essas áreas não é difícil, afirmando o seguinte: “Executo as minhas funções com prazer, a maior dificuldade, talvez seja gerência de tempo, não poder participar em alguns projectos por incompatibilidade da agenda, mas sempre com um apertozinho no coração.

Um dos membros do grupo "Originais", Cientista, que recentemente lançou a música Gindungo está a trabalhar a solo e a ser agenciado pela TM Agency "Europa" que já agendou mais de 20 shows pela Europa propriamente em Portugal, a tournée intitula-se"O Estágio" e terá inicio no dia 27 de junho do corrente ano.

Cientista disse-nos que não abandonou o grupo, mas se o mesmo fôr chamado para actuar e não estiver presente podem avançar sem a sua presença até porque é uma política do grupo, porque chegou altura de entrar em acção com os seus projectos pessoais. O músico foi convidado pela produtora TM Agency pelo reconhecimento do seu trabalho: "Estou muito feliz pelo convite, do meu lado vou aproveitar a imparcialidade do público para medir o nível de representação e claro para fortalecer a minha técnica e experiência em palco". Salientou o músico.

A tournée tem como objectivo promover a música Gindungo e outras novidades musicais e o músico ficará por lá até cumprir o calendário dos shows de verão.

Texto: Vídia António

quarta, 24 junho 2015 21:12

Marinela e Luna Em clima de Guerra!

Como é de hábito, hoje foi revelada a Tarefa da semana, onde os Brothers tiveram que apostar os seus Libongos.

Após uma série de controvérsia, o grupo chegou a um consenso e em conjunto, decidiram apostar 100% dos seus Libongos, caso vençam, o valor apostado será acrescido às compras da semana.

Logo depois, os Sobas tiveram a missão de fazer chegar a informação ao Big Brother.

Marinela, de certa maneira insatisfeita com “alguma coisa”, chamou nomes "ofensivos e abusivos" à Brother Luna, que prontamente reagiu aos desacatos.

Este mau clima, durou até o momento em que as duas Brothers foram chamadas ao Confessionário pelo Big!

Mas desta vez o Big não às ralhou, ele simplesmente chamou-lhes atenção pelo que acabara de suceder e pediu mais calma e sobretudo prudência antes de proferirem palavras ofensivas no interior da Casa do Big Brother.

O poste angolano da Universidade Metodista dos Estados Unidos Yanick Moreira afirmou que estará disponível para se juntar a selecção nacional provavelmente no inicio de Julho, tendo em conta a preparação para o Afrobasket2015.

Em entrevista à Angop, o jogador de 24 anos de idade, reagindo à chamada do seleccionador Moncho Lopez, explicou que aguarda o resultado do draft que terá lugar no dia 25, onde serão escolhidos jogadores para representar equipas da NBA, sendo ele um dos candidatos, uma vez que efectuou testes em algumas formações.

Deste modo, provavelmente apenas depois do dia 25 o atleta estará livre para se juntar a selecção nacional. “Não consigo precisar uma data, mas acredito que, talvez, na primeira semana de Julho estarei já em Luanda”, adiantou, realçando que estará totalmente disponível para o cinco angolano.

“É um orgulho representar a minha selecção, por isso sempre que for chamado vou responder positivamente e mostrar o meu valor. Estarei sempre a disposição do técnico”, frisou.

Sobre os convocados, Yanick Moreira disse que é um grupo forte e que o seleccionador vai encontrar muitas dificuldades na escolha dos 12. Sublinhou que espera que todos estejam bem, particularmente as principais referências, para poder ajudar Angola a conquistar mais um título africano e se qualificar para os Jogos Olímpicos.

Por outro lado, o jogador de 2,11 metros afirmou que espera melhorar a sua performance, comparativamente à participação no Mundial de 2014. “No ano passado joguei pouco por causa das lesões, este ano já estive melhor, mesmo não fazendo uma grande temporada, e espero melhorar ainda mais ao serviço da selecção”, acrescentou.

Os campeões africanos começaram a trabalhar segunda-feira, em Luanda. O Afrobasket vai decorrer de 19 a 30 de Agosto na Tunísia.

Para operação Tunísia, Moncho Lopes convocou os seguintes atletas:

Armando Costa, Hermenegildo Santos, Edmir Lucas, Edson Ndoniema, Reggie Moore, Felizardo Ambrósio (1º de Agosto), Carlos Morais, Olímpio Cipriano, Eduardo Mingas e Valdelício Joaquim (Libolo), Roberto Fortes, Domingos Bonifácio e Leonel Paulo (Petro de Luanda), Yanick Moreira (Universidade Metodista de Dallas/EUA) e Sílvio Sousa (Monte Verde High School/EUA).

Wuando Castro de Andrade, Coordenador-geral do Concurso STP Music Awards e Daniel Mendes, Coordenador-geral do Angola Music Awards encontraram-se na manhã de hoje, quarta-feira, 24 de junho, com o Presidente da República e Chefe do Estado, Manuel Pinto da Costa.
O encontro de cortesia aconteceu no Morro da Trindade, residência oficial do Chefe do Estado, e permitiu aos Organizadores do Concurso STP Music Awards by Unitel Olá Mundo, apresentar detalhadamente o projecto e convidar a Sua Excelência o Presidente da República a estar presente na grande Gala deste concurso que acontecerá no próximo dia 4 de Julho de 2015, no Palácio dos Congressos, para fazer a entrega do Prémio mais importante do Concurso, o Prémio Carreira.

Segundo Wuando de Andrade, “ Sua Excelência o Presidente da República mostrou disponibilidade total para participar no evento e congratulou-nos por esta iniciativa que irá impulsionar o sector cultural no País e, simultaneamente, congregar a nação são-tomense em volta de uma causa comum. Fizemos o ponto da situação em relação ao desenvolvimento do projeto e em relação à digressão nacional com os cantores nomeados que termina este sábado no Distrito de Água Grande, no Parque Popular.”
Segundo o Coordenador Geral do Angola Music Awards Daniel Mendes, refere que “foi um encontro muito positivo e descontraído, porque falamos da cultura dos dois países Angola e S. Tomé e Príncipe, falamos da união dos países vizinhos que já estão a organizar os Music Awards e achamos fundamental juntarmo-nos e ajudarmo-nos uns aos outros porque é a nossa cultura e se estivermos juntos estaremos mais fortalecidos para levarmos a nossa

Além da apresentação do projecto Concurso STP Music Awards, foi também abordada a preparação dos PALOP Music Awards que serão lançados no próximo ano, pelos organizadores dos Music Awards dos cinco países Angola, Cabo-Verde, Guiné Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe, foram os objectivos deste encontro de meia hora com o mais alto magistrado da Nação.
Sua Excelência Senhor Presidente Manuel Pinto da Costa, disponibilizou-se em apoiar-nos para a preparação e promoção dos PALOP Music Awards em 2016. Se todos os chefes de Estados dos PALOP o fizerem, ai estaremos no caminho certo e sincronizados na promoção das nossas culturas e das nossas bandeiras ao mundo. Acreditamos no forte potencial do evento tanto que atualmente já foram estabelecidas parcerias com outros países como Cabo Verde, Moçambique e Guiné Bissau.” Concluiu Daniel Mendes que “Unidos seremos capazes”.

Nesta Primeira edição estão contempladas 12 categorias sujeitas à votação e mais 2 homenagens, o prémio Carreira e o Prémio de mérito a título póstumo, cuja escolha dos vencedores é da responsabilidade do Júri e da Comissão organizadora. A Gala final está marcada para o dia 4 de Julho, no Palácio dos Congressos, na cidade de São Tomé.

Recorda-se que o Concurso STP Music Awards tem o objectivo reconhecer a excelência da música São-tomense e criar uma maior consciência pública sobre a diversidade cultural dos artistas e suas contribuições, bem como incentivar as iniciativas que desenvolvam a cultura do país, premiando os intérpretes, produtores e criadores de música Sao‐tomense que tenham colocado no mercado trabalhos discográficos entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro do ano anterior à realização deste concurso.