terça, 12 maio 2015 10:54

Benguela Fashion Week

 
terça, 12 maio 2015 10:52

Lizha só Festas

 
terça, 12 maio 2015 10:38

Gala Angola Music Awards 2015

 
terça, 12 maio 2015 10:37

Festival de Zouk

 

Após a saída de alguns elementos do grupo, o conceito Pub Four retoma com uma grande festa de celebração do 3º Aniversário que será comemorado no dia 27 de Maio no Palmeiras Lounge.

Com a saída de alguns membros, Dj H2O e Anderson Victoriano decidiram implementar novos rostos como é o caso de Renato Macedo, Rubem Oliveira, Edmilton Scuma, Jéssica Salamanda, Inês Consuella, Telma Brito e Jéssica Fernandes.

Houve alterações não só em termos de organização, mas também o grupo decidiu regressar com o primeiro elenco de djs: H2O, NC, Nosde, Pablo Cardoso, PZee Boy e MC Cola.

Porém dia 27 de Maio não perca o grande regresso do Pub Four com a festa temática “Black Party”, uma noite em que os estilos Hip Hop, House Music e Naija tomarão conta do evento.

terça, 12 maio 2015 10:31

Espectáculo do Panda e os Caricas

O grande espectáculo do Panda e os Caricas estará de volta em Maio, e desta com tourneé ao vivo em 3 províncias diferentes de Angola. 

Benguela: 23 de Maio 
Huila-Lubango: 24 de Maio
Luanda: 30 e 31 de Maio 

Bilhetes disponíveis nas lojas ZAP.
Para mais informações ligue para 955 555 500
terça, 12 maio 2015 07:23

Grammy 2016 já tem data marcada

A transmissão da 58ª edição do Grammy, realizada no Staples Center, em Los Angeles, já está marcada para o dia 15 de fevereiro de 2016, em uma inédita segunda-feira. A CBS Television vai transmitir ao vivo a partir das 20 horas. O período para eleição dos indicados começou no dia 1 de outubro de 2014 e vai até dia 30 de setembro de 2015.

Sam Smith foi o grande vendedor da 57ª edição do Grammy, em 8 de fevereiro de 2015. O cantor levou para cara 4 estatuetas, incluindo melhor artista revelação e canção do ano. A cerimônia atraiu 27 milhões de espectadores e obteve 20,9 milhões de tweets relacionados e contou com apresentações de Sam Smith, Beyoncé, Kanye West, Ariana Grande e Ed Sheeran, entre outros.

“Este ano já provou ser um ano emocionante na música”, afirma Neil Portnow, presidente/CEO da The Recording Academy. “À medida que continuamos buscando excelência, as nossas relações com os nossos parceiros vai mostrando que podemos, mais uma vez, criar o que é universalmente conhecido como a maior noite da música.”

 
A ex participante do Reality Show mais popular do país, usou a sua conta do facebook para dissertar e expressar o seu pesar mediante a situação de boicote na qual encontra-se envolvida.
 
Fábia alega segundo a sua publicação, ser barrada e ofuscada pela mídia por intermédio de terceiros que com a sua influência, de tudo têm feito para que os ex participantes do Reality sejam apagados da memória das pessoas.
 
Fábia é também conhecida por abraçar causas sociais e filantrópicas. E para dar solidez aos projectos humanitários que tem em carteira tentou a sorte no programa de confinamento angolano que não lhe proporcionou o que desejava.
 
"Eu devia me calar, mas não me envergonho. Porque tudo o que eu fiz foi entrar num jogo para melhorar a minha vida, não matei ninguém e nem roubei, fui escolhida por mérito próprio assim como os
outros 12 BROTHERS" disse Fábia.

O músico angolano Jacinto Tchipa actuou hoje (domingo), no Centro Recreativo Kilamba, em Luanda, enquanto artista homenageado por esta casa de espectáculos que, mensalmente laureia figuras da música nacional num projecto designado “Musongue da Tradição”.


Jacinto Tchipa tem registado anos longe dos holofotes dos palcos e já não grava discos há mais de quatro anos. Porém, o artista tem uma trajectória preenchida de sucessos e actuações pelo país.

Foi por este motivo que a direcção do Centro Recreativo Kilamba o escolheu para o homenagear no mês de Maio. Jacinto Tchipa subiu ao palco aos aplausos da assistência constituída por fãs, amigos e colegas de profissão que fizeram transparecer emoções enquanto entoava canções de um período em que Angola ainda era assolada pelo conflito armado.

No momento em que esteve em palco, Tchipa dirigiu-se à plateia com palavras de agradecimento e disse que a homenagem representava para ele um marco na sua trajectória artística.

Na ocasião, o artista recebeu das mãos de Rosa Roque, fundadora da banda feminina “Gingas”, um certificado de mérito que representa a homenagem do Centro Recreativo Kilamba. À tarde foi igualmente preenchida pelas actuações de Dom Caetano, Lulas da Paixão e de Suzanito que interpretou canções dos artistas Nick e Artur Nunes, ambos já falecidos.

A instrumentalização do espectáculo esteve a cargo da banda Kimbambas do Ritmo.

Jacinto Tchipa notabilizou-se no mercado nacional durante os anos 80, quando foi vencedor, por duas vezes seguidas (1986 e 1987) do concurso Top dos Mais Queridos, organizado pela Radiodifusão Nacional de Angola (RNA).

O músico nasceu na Caála, Huambo, e começou a carreira em 1973, quando gravou o primeiro disco de vinil, “África”.

O Musongue da Tradição tem por objectivo promover e divulgar a música angolana produzida nos anos 60, 70 e 80. O evento faz parte da grelha de programas do Centro Recreativo e Cultural Kilamba.

O espaço foi reinaugurado em Dezembro de 2001, depois de longos anos voltado ao abandono.

Luanda - Para saudar o dia internacional do enfermeiro, o Governo Provincial de Luanda, através do Gabinete de Saúde, elegeu o lema “ a humanização no doente queimado”, cujo acto provincial terá lugar no dia 12 de Maio (terça-feira), no Hospital Especializado Neves Bendinha.


Segundo a directora do Gabinete Provincial da Saúde, Rosa Bessa, a escolha deste lema serve para apelar a sensibilidade dos profissionais da saúde, principalmente os que cuidam de pessoas com queimadura, visto que maior número são crianças dos zero aos cinco anos de idade.

“Este dia deverá ser um momento de reflexão para chamar a atenção dos enfermeiros para a necessidade de reforçar cada vez mais o atendimento humanizado daqueles que diariamente acorrem às nossas unidades sanitárias a procura de assistência médica”, frisou.

O lema, sublinhou, serve também para chamar a atenção dos pais no sentido de redobrarem o cuidado para com os filhos, principalmente as mães que mais tempo passam em casa, tirando do alcance das crianças todos os objectos passíveis de produzir combustão.

“O 12 de Maio é um dia especial, dedicado àquelas pessoas especiais que cuidam tão bem de nós quando estamos doentes", enalteceu a directora provincial, que se manifestou preocupada pelo elevado número de crianças com queimadura atendidas no Hospital Neves Bendinha.

De acordo com Rosa Bessa, num momento em que cada vez mais se assume que o cidadão tem de estar no centro do sistema de saúde, assume-se como imprescindível o papel privilegiado que os enfermeiros desempenham junto de quem recorre aos serviços de saúde.

“É esta classe que nos locais mais recônditos desta nossa Angola, com sacrifício e abnegação, dedica a sua energia, o seu saber, pela saúde dos nossos pais, mães, filhos e amigos. Estes profissionais são a bengala que suporta os nossos médicos”, disse.

A 12 de Maio comemora-se mundialmente o Dia do Enfermeiro, em referência a Florence Nightingale, um marco da enfermagem moderna no mundo que nasceu nesta data do ano 1820.

A profissão tem sua origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes.

Durante séculos, a enfermagem forma profissionais em todo o mundo comprometidos com a saúde e o bem-estar do ser humano. Só em Luanda são mais de três mil enfermeiros.

Desde os tempos do Velho Testamento, a profissão de enfermeiro já era reconhecida por aqueles que cuidavam e protegiam pessoas doentes, em especial idosos e deficientes, pois nessa época, tais atitudes garantiam ao homem a manutenção da sua sobrevivência.

Nesta época e durante muitos séculos, a enfermagem estava associada ao trabalho feminino, caracterizado pela prática de cuidar de grupos nómadas primitivos.

Com o passar dos tempos, as práticas de saúde evoluíram e entre os séculos V e VIII a enfermagem surge como uma prática leiga, desenvolvida por religiosos como se fosse mais um sacerdócio.

A palavra “enfermeiro” se compõe de duas palavras do latim: “nutrix” que significa Mãe e do verbo “nutrire” que tem como significados, criar e nutrir. Essas duas palavras, adaptadas ao inglês do século 19 acabaram se transformando na palavra “NURSE”, que traduzido para o português, significa Enfermeira.

Assim, o Dia Internacional dos Enfermeiros é comemorado mundialmente desde 1965, mas a data oficial (12 de Maio) foi decidida pelo Conselho Internacional de Enfermeiros em 1974, para assinalar os contributos dos enfermeiros e enfermeiras na sociedade.

terça, 12 maio 2015 10:54

Benguela Fashion Week

 
terça, 12 maio 2015 10:52

Lizha só Festas

 
terça, 12 maio 2015 10:38

Gala Angola Music Awards 2015

 
terça, 12 maio 2015 10:37

Festival de Zouk

 

Após a saída de alguns elementos do grupo, o conceito Pub Four retoma com uma grande festa de celebração do 3º Aniversário que será comemorado no dia 27 de Maio no Palmeiras Lounge.

Com a saída de alguns membros, Dj H2O e Anderson Victoriano decidiram implementar novos rostos como é o caso de Renato Macedo, Rubem Oliveira, Edmilton Scuma, Jéssica Salamanda, Inês Consuella, Telma Brito e Jéssica Fernandes.

Houve alterações não só em termos de organização, mas também o grupo decidiu regressar com o primeiro elenco de djs: H2O, NC, Nosde, Pablo Cardoso, PZee Boy e MC Cola.

Porém dia 27 de Maio não perca o grande regresso do Pub Four com a festa temática “Black Party”, uma noite em que os estilos Hip Hop, House Music e Naija tomarão conta do evento.

terça, 12 maio 2015 10:31

Espectáculo do Panda e os Caricas

O grande espectáculo do Panda e os Caricas estará de volta em Maio, e desta com tourneé ao vivo em 3 províncias diferentes de Angola. 

Benguela: 23 de Maio 
Huila-Lubango: 24 de Maio
Luanda: 30 e 31 de Maio 

Bilhetes disponíveis nas lojas ZAP.
Para mais informações ligue para 955 555 500
terça, 12 maio 2015 07:23

Grammy 2016 já tem data marcada

A transmissão da 58ª edição do Grammy, realizada no Staples Center, em Los Angeles, já está marcada para o dia 15 de fevereiro de 2016, em uma inédita segunda-feira. A CBS Television vai transmitir ao vivo a partir das 20 horas. O período para eleição dos indicados começou no dia 1 de outubro de 2014 e vai até dia 30 de setembro de 2015.

Sam Smith foi o grande vendedor da 57ª edição do Grammy, em 8 de fevereiro de 2015. O cantor levou para cara 4 estatuetas, incluindo melhor artista revelação e canção do ano. A cerimônia atraiu 27 milhões de espectadores e obteve 20,9 milhões de tweets relacionados e contou com apresentações de Sam Smith, Beyoncé, Kanye West, Ariana Grande e Ed Sheeran, entre outros.

“Este ano já provou ser um ano emocionante na música”, afirma Neil Portnow, presidente/CEO da The Recording Academy. “À medida que continuamos buscando excelência, as nossas relações com os nossos parceiros vai mostrando que podemos, mais uma vez, criar o que é universalmente conhecido como a maior noite da música.”

 
A ex participante do Reality Show mais popular do país, usou a sua conta do facebook para dissertar e expressar o seu pesar mediante a situação de boicote na qual encontra-se envolvida.
 
Fábia alega segundo a sua publicação, ser barrada e ofuscada pela mídia por intermédio de terceiros que com a sua influência, de tudo têm feito para que os ex participantes do Reality sejam apagados da memória das pessoas.
 
Fábia é também conhecida por abraçar causas sociais e filantrópicas. E para dar solidez aos projectos humanitários que tem em carteira tentou a sorte no programa de confinamento angolano que não lhe proporcionou o que desejava.
 
"Eu devia me calar, mas não me envergonho. Porque tudo o que eu fiz foi entrar num jogo para melhorar a minha vida, não matei ninguém e nem roubei, fui escolhida por mérito próprio assim como os
outros 12 BROTHERS" disse Fábia.

O músico angolano Jacinto Tchipa actuou hoje (domingo), no Centro Recreativo Kilamba, em Luanda, enquanto artista homenageado por esta casa de espectáculos que, mensalmente laureia figuras da música nacional num projecto designado “Musongue da Tradição”.


Jacinto Tchipa tem registado anos longe dos holofotes dos palcos e já não grava discos há mais de quatro anos. Porém, o artista tem uma trajectória preenchida de sucessos e actuações pelo país.

Foi por este motivo que a direcção do Centro Recreativo Kilamba o escolheu para o homenagear no mês de Maio. Jacinto Tchipa subiu ao palco aos aplausos da assistência constituída por fãs, amigos e colegas de profissão que fizeram transparecer emoções enquanto entoava canções de um período em que Angola ainda era assolada pelo conflito armado.

No momento em que esteve em palco, Tchipa dirigiu-se à plateia com palavras de agradecimento e disse que a homenagem representava para ele um marco na sua trajectória artística.

Na ocasião, o artista recebeu das mãos de Rosa Roque, fundadora da banda feminina “Gingas”, um certificado de mérito que representa a homenagem do Centro Recreativo Kilamba. À tarde foi igualmente preenchida pelas actuações de Dom Caetano, Lulas da Paixão e de Suzanito que interpretou canções dos artistas Nick e Artur Nunes, ambos já falecidos.

A instrumentalização do espectáculo esteve a cargo da banda Kimbambas do Ritmo.

Jacinto Tchipa notabilizou-se no mercado nacional durante os anos 80, quando foi vencedor, por duas vezes seguidas (1986 e 1987) do concurso Top dos Mais Queridos, organizado pela Radiodifusão Nacional de Angola (RNA).

O músico nasceu na Caála, Huambo, e começou a carreira em 1973, quando gravou o primeiro disco de vinil, “África”.

O Musongue da Tradição tem por objectivo promover e divulgar a música angolana produzida nos anos 60, 70 e 80. O evento faz parte da grelha de programas do Centro Recreativo e Cultural Kilamba.

O espaço foi reinaugurado em Dezembro de 2001, depois de longos anos voltado ao abandono.

Luanda - Para saudar o dia internacional do enfermeiro, o Governo Provincial de Luanda, através do Gabinete de Saúde, elegeu o lema “ a humanização no doente queimado”, cujo acto provincial terá lugar no dia 12 de Maio (terça-feira), no Hospital Especializado Neves Bendinha.


Segundo a directora do Gabinete Provincial da Saúde, Rosa Bessa, a escolha deste lema serve para apelar a sensibilidade dos profissionais da saúde, principalmente os que cuidam de pessoas com queimadura, visto que maior número são crianças dos zero aos cinco anos de idade.

“Este dia deverá ser um momento de reflexão para chamar a atenção dos enfermeiros para a necessidade de reforçar cada vez mais o atendimento humanizado daqueles que diariamente acorrem às nossas unidades sanitárias a procura de assistência médica”, frisou.

O lema, sublinhou, serve também para chamar a atenção dos pais no sentido de redobrarem o cuidado para com os filhos, principalmente as mães que mais tempo passam em casa, tirando do alcance das crianças todos os objectos passíveis de produzir combustão.

“O 12 de Maio é um dia especial, dedicado àquelas pessoas especiais que cuidam tão bem de nós quando estamos doentes", enalteceu a directora provincial, que se manifestou preocupada pelo elevado número de crianças com queimadura atendidas no Hospital Neves Bendinha.

De acordo com Rosa Bessa, num momento em que cada vez mais se assume que o cidadão tem de estar no centro do sistema de saúde, assume-se como imprescindível o papel privilegiado que os enfermeiros desempenham junto de quem recorre aos serviços de saúde.

“É esta classe que nos locais mais recônditos desta nossa Angola, com sacrifício e abnegação, dedica a sua energia, o seu saber, pela saúde dos nossos pais, mães, filhos e amigos. Estes profissionais são a bengala que suporta os nossos médicos”, disse.

A 12 de Maio comemora-se mundialmente o Dia do Enfermeiro, em referência a Florence Nightingale, um marco da enfermagem moderna no mundo que nasceu nesta data do ano 1820.

A profissão tem sua origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes.

Durante séculos, a enfermagem forma profissionais em todo o mundo comprometidos com a saúde e o bem-estar do ser humano. Só em Luanda são mais de três mil enfermeiros.

Desde os tempos do Velho Testamento, a profissão de enfermeiro já era reconhecida por aqueles que cuidavam e protegiam pessoas doentes, em especial idosos e deficientes, pois nessa época, tais atitudes garantiam ao homem a manutenção da sua sobrevivência.

Nesta época e durante muitos séculos, a enfermagem estava associada ao trabalho feminino, caracterizado pela prática de cuidar de grupos nómadas primitivos.

Com o passar dos tempos, as práticas de saúde evoluíram e entre os séculos V e VIII a enfermagem surge como uma prática leiga, desenvolvida por religiosos como se fosse mais um sacerdócio.

A palavra “enfermeiro” se compõe de duas palavras do latim: “nutrix” que significa Mãe e do verbo “nutrire” que tem como significados, criar e nutrir. Essas duas palavras, adaptadas ao inglês do século 19 acabaram se transformando na palavra “NURSE”, que traduzido para o português, significa Enfermeira.

Assim, o Dia Internacional dos Enfermeiros é comemorado mundialmente desde 1965, mas a data oficial (12 de Maio) foi decidida pelo Conselho Internacional de Enfermeiros em 1974, para assinalar os contributos dos enfermeiros e enfermeiras na sociedade.

terça, 12 maio 2015 10:54

Benguela Fashion Week

 
terça, 12 maio 2015 10:52

Lizha só Festas

 
terça, 12 maio 2015 10:38

Gala Angola Music Awards 2015

 
terça, 12 maio 2015 10:37

Festival de Zouk

 

Após a saída de alguns elementos do grupo, o conceito Pub Four retoma com uma grande festa de celebração do 3º Aniversário que será comemorado no dia 27 de Maio no Palmeiras Lounge.

Com a saída de alguns membros, Dj H2O e Anderson Victoriano decidiram implementar novos rostos como é o caso de Renato Macedo, Rubem Oliveira, Edmilton Scuma, Jéssica Salamanda, Inês Consuella, Telma Brito e Jéssica Fernandes.

Houve alterações não só em termos de organização, mas também o grupo decidiu regressar com o primeiro elenco de djs: H2O, NC, Nosde, Pablo Cardoso, PZee Boy e MC Cola.

Porém dia 27 de Maio não perca o grande regresso do Pub Four com a festa temática “Black Party”, uma noite em que os estilos Hip Hop, House Music e Naija tomarão conta do evento.

terça, 12 maio 2015 10:31

Espectáculo do Panda e os Caricas

O grande espectáculo do Panda e os Caricas estará de volta em Maio, e desta com tourneé ao vivo em 3 províncias diferentes de Angola. 

Benguela: 23 de Maio 
Huila-Lubango: 24 de Maio
Luanda: 30 e 31 de Maio 

Bilhetes disponíveis nas lojas ZAP.
Para mais informações ligue para 955 555 500
terça, 12 maio 2015 07:23

Grammy 2016 já tem data marcada

A transmissão da 58ª edição do Grammy, realizada no Staples Center, em Los Angeles, já está marcada para o dia 15 de fevereiro de 2016, em uma inédita segunda-feira. A CBS Television vai transmitir ao vivo a partir das 20 horas. O período para eleição dos indicados começou no dia 1 de outubro de 2014 e vai até dia 30 de setembro de 2015.

Sam Smith foi o grande vendedor da 57ª edição do Grammy, em 8 de fevereiro de 2015. O cantor levou para cara 4 estatuetas, incluindo melhor artista revelação e canção do ano. A cerimônia atraiu 27 milhões de espectadores e obteve 20,9 milhões de tweets relacionados e contou com apresentações de Sam Smith, Beyoncé, Kanye West, Ariana Grande e Ed Sheeran, entre outros.

“Este ano já provou ser um ano emocionante na música”, afirma Neil Portnow, presidente/CEO da The Recording Academy. “À medida que continuamos buscando excelência, as nossas relações com os nossos parceiros vai mostrando que podemos, mais uma vez, criar o que é universalmente conhecido como a maior noite da música.”

 
A ex participante do Reality Show mais popular do país, usou a sua conta do facebook para dissertar e expressar o seu pesar mediante a situação de boicote na qual encontra-se envolvida.
 
Fábia alega segundo a sua publicação, ser barrada e ofuscada pela mídia por intermédio de terceiros que com a sua influência, de tudo têm feito para que os ex participantes do Reality sejam apagados da memória das pessoas.
 
Fábia é também conhecida por abraçar causas sociais e filantrópicas. E para dar solidez aos projectos humanitários que tem em carteira tentou a sorte no programa de confinamento angolano que não lhe proporcionou o que desejava.
 
"Eu devia me calar, mas não me envergonho. Porque tudo o que eu fiz foi entrar num jogo para melhorar a minha vida, não matei ninguém e nem roubei, fui escolhida por mérito próprio assim como os
outros 12 BROTHERS" disse Fábia.

O músico angolano Jacinto Tchipa actuou hoje (domingo), no Centro Recreativo Kilamba, em Luanda, enquanto artista homenageado por esta casa de espectáculos que, mensalmente laureia figuras da música nacional num projecto designado “Musongue da Tradição”.


Jacinto Tchipa tem registado anos longe dos holofotes dos palcos e já não grava discos há mais de quatro anos. Porém, o artista tem uma trajectória preenchida de sucessos e actuações pelo país.

Foi por este motivo que a direcção do Centro Recreativo Kilamba o escolheu para o homenagear no mês de Maio. Jacinto Tchipa subiu ao palco aos aplausos da assistência constituída por fãs, amigos e colegas de profissão que fizeram transparecer emoções enquanto entoava canções de um período em que Angola ainda era assolada pelo conflito armado.

No momento em que esteve em palco, Tchipa dirigiu-se à plateia com palavras de agradecimento e disse que a homenagem representava para ele um marco na sua trajectória artística.

Na ocasião, o artista recebeu das mãos de Rosa Roque, fundadora da banda feminina “Gingas”, um certificado de mérito que representa a homenagem do Centro Recreativo Kilamba. À tarde foi igualmente preenchida pelas actuações de Dom Caetano, Lulas da Paixão e de Suzanito que interpretou canções dos artistas Nick e Artur Nunes, ambos já falecidos.

A instrumentalização do espectáculo esteve a cargo da banda Kimbambas do Ritmo.

Jacinto Tchipa notabilizou-se no mercado nacional durante os anos 80, quando foi vencedor, por duas vezes seguidas (1986 e 1987) do concurso Top dos Mais Queridos, organizado pela Radiodifusão Nacional de Angola (RNA).

O músico nasceu na Caála, Huambo, e começou a carreira em 1973, quando gravou o primeiro disco de vinil, “África”.

O Musongue da Tradição tem por objectivo promover e divulgar a música angolana produzida nos anos 60, 70 e 80. O evento faz parte da grelha de programas do Centro Recreativo e Cultural Kilamba.

O espaço foi reinaugurado em Dezembro de 2001, depois de longos anos voltado ao abandono.

Luanda - Para saudar o dia internacional do enfermeiro, o Governo Provincial de Luanda, através do Gabinete de Saúde, elegeu o lema “ a humanização no doente queimado”, cujo acto provincial terá lugar no dia 12 de Maio (terça-feira), no Hospital Especializado Neves Bendinha.


Segundo a directora do Gabinete Provincial da Saúde, Rosa Bessa, a escolha deste lema serve para apelar a sensibilidade dos profissionais da saúde, principalmente os que cuidam de pessoas com queimadura, visto que maior número são crianças dos zero aos cinco anos de idade.

“Este dia deverá ser um momento de reflexão para chamar a atenção dos enfermeiros para a necessidade de reforçar cada vez mais o atendimento humanizado daqueles que diariamente acorrem às nossas unidades sanitárias a procura de assistência médica”, frisou.

O lema, sublinhou, serve também para chamar a atenção dos pais no sentido de redobrarem o cuidado para com os filhos, principalmente as mães que mais tempo passam em casa, tirando do alcance das crianças todos os objectos passíveis de produzir combustão.

“O 12 de Maio é um dia especial, dedicado àquelas pessoas especiais que cuidam tão bem de nós quando estamos doentes", enalteceu a directora provincial, que se manifestou preocupada pelo elevado número de crianças com queimadura atendidas no Hospital Neves Bendinha.

De acordo com Rosa Bessa, num momento em que cada vez mais se assume que o cidadão tem de estar no centro do sistema de saúde, assume-se como imprescindível o papel privilegiado que os enfermeiros desempenham junto de quem recorre aos serviços de saúde.

“É esta classe que nos locais mais recônditos desta nossa Angola, com sacrifício e abnegação, dedica a sua energia, o seu saber, pela saúde dos nossos pais, mães, filhos e amigos. Estes profissionais são a bengala que suporta os nossos médicos”, disse.

A 12 de Maio comemora-se mundialmente o Dia do Enfermeiro, em referência a Florence Nightingale, um marco da enfermagem moderna no mundo que nasceu nesta data do ano 1820.

A profissão tem sua origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes.

Durante séculos, a enfermagem forma profissionais em todo o mundo comprometidos com a saúde e o bem-estar do ser humano. Só em Luanda são mais de três mil enfermeiros.

Desde os tempos do Velho Testamento, a profissão de enfermeiro já era reconhecida por aqueles que cuidavam e protegiam pessoas doentes, em especial idosos e deficientes, pois nessa época, tais atitudes garantiam ao homem a manutenção da sua sobrevivência.

Nesta época e durante muitos séculos, a enfermagem estava associada ao trabalho feminino, caracterizado pela prática de cuidar de grupos nómadas primitivos.

Com o passar dos tempos, as práticas de saúde evoluíram e entre os séculos V e VIII a enfermagem surge como uma prática leiga, desenvolvida por religiosos como se fosse mais um sacerdócio.

A palavra “enfermeiro” se compõe de duas palavras do latim: “nutrix” que significa Mãe e do verbo “nutrire” que tem como significados, criar e nutrir. Essas duas palavras, adaptadas ao inglês do século 19 acabaram se transformando na palavra “NURSE”, que traduzido para o português, significa Enfermeira.

Assim, o Dia Internacional dos Enfermeiros é comemorado mundialmente desde 1965, mas a data oficial (12 de Maio) foi decidida pelo Conselho Internacional de Enfermeiros em 1974, para assinalar os contributos dos enfermeiros e enfermeiras na sociedade.