quinta, 17 maio 2012 22:54

Dji Tafinha Lista 11 Factos Sobre Beef com Kid MC

Segue nos Facebook 

Em 2009,  o HIP HOP Angolano presenciou uma briga de titãs entre dois grandes nomes da musica rap. Kid Mc e Dji Tafinha.  Varias foram especulações e igualmente inúmeras foram as versões. Em entrevista a Revista CARGA do Mês de Maio DJI Tafinha voltou a ser questionado sobre  o assunto e elencou 11 factos sobre sua briga com rapper da Mad Tapes.

 

  1. Em 2005 quando ele cantava com o vulkaum e o G.M ainda pertencia ao MOTIM, o kid pediu a nossa participação (KB Max, G.M e Tafinha) para a gravação de um vídeo clip deles, infelizmente viajei e foi impossível a minha participação (+ o KB Max e o G.M fizeram-se presentes). Mas ele sentiu-se ignorado.
  2. Pediu a minha participação para o mesmo álbum, mas como na mesma música convidaram um artista com quem não tinha boas relações, eu recusei o convite e expliquei ao “vulkaum e ao kid” o porquê. A admiração que o kid tinha por mim começou a transformar-se em ódio..
  3. A partir  desse momento passei a ouvir inderectas da parte do “puto” em algumas músicas e conversas com outros artistas.
  4. Como eu não sou um homem de “disse que não disse e conversas de comadre” liguei para o “kid” para esclarecer a questão, ele disse-me “que não se passava nada”, foi então quando eu tive a ideia de fazer uma música com vários rappers para mostrar que a união fortalece mais o “hip hop” do que as desavenças. O kid desculpou-se e disse que não podia porque estava em digressão pelas outras Províncias.
  5. Após a rejeição continuarão as indirectas e, mais, o kid agora a vangloriar-se por ter rejeitado um convite do “DJI TAFINHA!!!”
  6. Como disse no quarto ponto (4.), “eu não sou um homem de “disse que não disse e conversas de comadre”, e já tinha dado a oportunidade ao “puto” de esclarecer a situação, resolvi falar-lhe directamente  no “RELATÓRIO1”, que no final da música expliquei a conversa que tivemos ao telefone (obs: Por não ter gravado a conversa, imitei a voz do kid)
  7. Após ter ouvido o “RELATÓRIO1”, o “kid” dirigiu-se ao meu estúdio pedindo para conversarmos, no entanto, minutos antes o “Expiráculo” (AMIGO DO KID), esteve no meu estúdio pedindo-me para ser paciente com o “kid” porque ele estava “psicologicamente doente”, garanto-vos que fiquei chocado com o que vi e ouvi dele, “disse que achava que eu era o melhor rapper que Angola já teve, desculpando-se pelas suas atitudes. Sabendo que estava a lidar com uma pessoa “instável”, fui paciente mas, no entanto, gravei a conversa que tive com o “kid” com o meu telemóvel.
  8. O “kid” foi hospitalizado no final do mesmo dia que teve a conversa comigo, não escondo que fiquei preocupado com a situação do irmão “kid mc”, motivo pelo qual não mostrei a conversa que gravei.
  9. Depois de receber alta no hospital, o kid voltou a ligar pra mim a dizer que desta vez queria pedir-me desculpa na rádio 88.5 aonde seriamos entrevistados pelo “Lukeny Bamba Fortunato”, 5 minutos antes da entrevista, o kid recebeu um telefonema e desapareceu! 10 minutos depois recebi uma mensagem do kid a dizer que foi proibido pelo “samurai” de fazer essa entrevista e de assumir publicamente o seu desejo de o fazer.

10. Por influência daqueles que o rodeiam, o kid passou a afirmar que estava a preparar a resposta para o “RELATÓRIO1”, triste com a hipocrisia e falsidade que o kid manifestou, senti-me obrigado a expor a conversa que gravei no dia em que ele esteve na minha casa no “RELATÓRIO2”(obs: com a própria voz do kid).

  1. Fui convidado para cantar no programa de televisão “Janela Aberta” aonde o havia uma matéria sobre o trabalho da “Policia Nacional”, por coincidência estava uma senhora da “Policia” que apresentou-se a mim como a “mãe do kid” após o programa ter terminado,  e manifestou o seu descontentamento com a situação “Dji vs Kid”, tratando-me inclusive por “filho” e dizendo que não gosta da influência de certos “amigos” que rodeiam o seu filho, especialmente o agente do kid “Dj Samurai”. Por respeito a uma mãe, resolvi dar as costas a toda essa situação e ignorar esse beef, motivo pelo qual nunca mais ouviram qualquer música minha dirigida ao meu “irmão kid mc”, independentemente do que aconteceu a seguir.

Mais Sobre o Beef De Dji Tafinha e Kid Mc , você encontra na edição impressa da revista Carga.

 


Comentar

     

Atualizar

Código de segurança